"Exposição Niggaz Da Hora - graffiti, memória e juventude" na Galeria Olido

“Exposição Niggaz Da Hora – graffiti, memória e juventude” na Galeria Olido

14064215_1344436625574078_7193055311948005585_n

Está em cartaz na Galeria Olido, a exposição “Exposição Niggaz Da Hora – graffiti, memória e juventude”. A exposição tem a cuidadoria da equipe proponente do projeto, e envolveu artistas cujo trabalho relaciona-se diretamente com o Niggaz.

O objetivo da exposição não é somente homenagear o artista, mas propor para cada convidado, a conexão entre seu trabalho e sua poética individual com a produção do Niggaz. A intenção do grupo curatorial é associar a ambientação da exposição à memória do Niggaz, expondo imagens de seus trabalhos de graffiti, de seus desenhos e da época em que ele viveu.

A exposição conta com obras dos artistas, Enivo, Mauro, Jerry Batista, Ricardo Akn, Ciro Schu, Oito, Sliks, Deddo Verde, Lele Paes, Ribeiro, Paulo Ito, Highraff, Michel Onguer, Zizi, Mathiza, Claudio Ganu, Binho, Tarsila Portella e Zezão.

Sobre Niggaz

Alexandre Luis da Hora Silva, Niggaz, faleceu aos 21 anos, em 29 de abril de 2003, nas águas da Represa Billings. Antes disso deixou uma obra que marcou o seu tempo, o que havia de vida nele permanece entre nós. Morador do Grajaú, zona sul de São Paulo. Foi o primeiro grafiteiro a cruzar a fronteira entre periferia e centro. Alexandre era Niggaz, um dos ícones do muralismo e do grafite em São Paulo.

Serviço

Exposição “Exposição Niggaz Da Hora – graffiti, memória e juventude”
Abertura: 3 de setembro, a partir das 13h
Visitação: 05 de setembro a 03 de outubro de 2016, das 9hh às 19h
Onde: Avenida São João, 473 – Centro – SP

mural-preservado-no-beco-niggaz-da-hora

niggaz-av-23-de-maio-ok

niggaz-do-beco

Se cadastre no nosso MAILING e fique por dentro de tudo o que está rolando aqui!

Comments

comments

Natt Naville

Natt Naville

Veja todos os posts

Natt Naville é jornalista e gosta de tudo que envolve o universo da comunicação. Entre palavras e histórias: Música. Música para tocar, para ouvir e dançar. Editora do Mistura Urbana, gosta de criar, recriar e se reinventar. Vive no paraíso azul da Grécia.