6ª edição do ArtRua ocupa novos espaços da Região Portuária no Rio de Janeiro

6ª edição do ArtRua ocupa novos espaços da Região Portuária no Rio de Janeiro

artrua_divulgac%cc%a7a%cc%83o-5

Desde 2011 no calendário cultural do Rio de Janeiro, o ArtRua foi um dos eventos pioneiros em apostar na revitalização da Zona Portuária – em cinco edições, atraiu mais de 146 mil visitantes para os bairros da Gamboa e Saúde. Este ano, de 29 setembro a 2 de outubro, o festival de arte urbana oficial da Semana de Arte do Rio acontece pela primeira vez no Santo Cristo, no caminho do VLT. O novo galpão tem o dobro de tamanho do ano passado, são 7.500 metros quadrados, e receberá, durante os quatro dias, mais de 20 artistas nacionais e estrangeiros, dez galerias, shows e festas, com toda a programação gratuita. São esperadas 75 mil pessoas, 25% a mais que em 2015.

“O trecho da Praça Mauá, Rodrigues Alves e Orla Conde já está consagrado no roteiro dos cariocas, então decidimos mudar de local para ocupar mais territórios na região, tanto com frequentadores quanto novos painéis de arte, que ficarão de legado. O projeto de revitalização da área não pode ficar restrito àquela parte”, comenta André Bretas, idealizador e curador do Art Rua junto com Cristiano Kana.

Outra novidade é a programação paralela do evento. Dia 30, sexta-feira, acontece a abertura oficial do Rua City Lab, laboratório de experimentações urbanas idealizado pela Visionartz em parceria com o Distrito Criativo do Porto. Lá, acontecerá a exposição “Somos todos imigrantes”, de William Baglione, dentro da Galeria ACRVO, além de programação musical com DJs, loja de design, banca de zines e publicações independentes de arte e foodtrucks.

“O Rua City Lab é um espaço permanente focado em economia criativa e colaborativa, que oferece coworking, formação e capacitação, eventos e galeria de arte. Durante a Semana de Arte do Rio, vamos realizar palestras e workshops gratuitos, das 14h às 16h, sobre design, inovação e ocupação do espaço urbano. Seremos um espaço integrado ao ArtRua, com wifi, café e programação própria. Quando o ArtRua terminar, continuaremos abertos diariamente. Na semana seguinte ao evento, começa nosso happy-hour semanal”, conta Daniel Kraichete, diretor do Distrito Criativo do Porto e curador de design do Rua City Lab.

artrua_divulgacao-6

artrua_divulgacao-7

artrua_divulgac%cc%a7a%cc%83o-8

De Norte a Sul: artistas mostram pluralidade da arte urbana brasileira

A organização selecionou vinte nomes que irão pintar painéis e criar instalações exclusivas para o ArtRua. Os curadores investiram em conteúdo regional, com destaque para artistas do Norte e Nordeste do Brasil. O amazonense Sebá Tapajós é criador do projeto Street River, a primeira galeria fluvial do mundo. Nas palafitas ribeirinhas, ele celebra a cultura dos povos da mata, os caboclos, descendentes de índios e quilombolas. Para o festival, ele irá criar uma instalação inspirada no projeto.

De Olinda, Pernambuco, Bozó Bacamarte tem na xilogravura popular sua identidade visual. O povo nordestino é tema recorrente no trabalho do artista, que irá fazer um painel interno com esta temática. A dupla do Acidum Project, do casal Tereza Dequinta e Robézio Marqs, do Ceará, vai criar, em parceria com a marca Redley, o mural do Ipanema Walls. Já a paulistana Luna Buschinelli, artista apadrinhada pela dupla OSGEMEOS, apresenta em seu repertório personagens regionais, como cangaceiros, violeiros, entre outros.

Compõe o time, os artistas Boleta (SP), Carlos Bobi (RJ), Enivo (SP), Erica Mizutani (SP), Felipe Guga (RJ), Flip (SP), Kajaman (RJ), Marcelo Tche (SP), Ninguém Dormi (SP), Prozak (SP), Rafael Hayashi (SP), Rafael Sliks (SP), Roberto Bieto (SP) e Thiago Goms (SP). Para esta edição, foram convidadas dez galerias para a feira de arte: A7MA, Full House, Quartoamado, Nuvem, Verve, entre outras. Nas últimas duas edições, o Mercado Rua movimentou quase um milhão de reais.

Festas, shows, DJs e foodtrucks agitam o galpão

Como todo ano, além das intervenções artísticas, o ArtRua oferece programação musical. Na sexta-feira, dia 30, o Galpão recebe a festa MOO, das 23h às 5h da manhã. No sábado, é a vez de de Fiji, das 18h às 23h, seguido da Trappin até as 5h da manhã.

Foodtrucks estarão espalhados pelo evento. Ribz, Frites, Burguertopia, Blend, Ossos, Oinc, Dona Sebastiana e Piccole Gelato, além das foodbikes Morde & Assopra e Pão de Mel da Gema.

Vans gratuitas farão transporte do público, saindo da loja Redley Ipanema (Rua Maria Quitéria, 99). O trajeto será: Ipanema, Lagoa, Humaitá, Void Botafogo, Flamengo, Rua das Laranjeiras, Santo Cristo (os pontos serão divulgados em breve nas redes sociais do evento).

Serviço ArtRua 2016

29 de setembro a 2 de outubro, quinta a domingo
Horário de funcionamento:
Quinta, das 18h à meia-noite; sexta a domingo, das 14h às 02h (festas à partir das 18h).
Rua Professor Pereira Reis, 76, Santo Cristo.
Entrada Franca
Como chegar: VLT estação Santo Cristo. Vans gratuitas saindo da Redley Ipanema (Rua Maria Quitéria, 99).
Haverá estacionamento no local
Para saber mais aqui.
@artrua

Serviço Rua City Lab
Exposição “Todos Somos Imigrantes”: dia 29 (abertura para convidados), de 30 de setembro abertura para o público.
Rua Professor Pereira Reis, 50, Santo Cristo.
Entrada Franca
Para saber mais aqui.
@ruacitylab

Se cadastre no nosso MAILING e fique por dentro de tudo o que está rolando aqui!

Comments

comments

Natt Naville

Natt Naville

Veja todos os posts

Natt Naville é jornalista e gosta de tudo que envolve o universo da comunicação. Entre palavras e histórias: Música. Música para tocar, para ouvir e dançar. Editora do Mistura Urbana, gosta de criar, recriar e se reinventar. Vive no paraíso azul da Grécia.