Kendrick Lamar lança coleção cápsula com a Reebok

Kendrick Lamar lança coleção cápsula com a Reebok

Dando continuidade as reinterpretações do Classic Leather que já vimos, Reebok Classic e Kendrick Lamar se unem novamente para dar vida a um terceiro par, com um desenho único e inspirador que mantém a poderosa mensagem de unidade e não violência que o rapper colocou em suas primeiras colaborações com a marca.

Neste modelo, o artista da gravadora independente, Top Dawg Entertainment, retoma a história do seu crescimento no Cidade de Compton, Los Angeles, e a sua postura neutra com as gangues que controlavam a área, Bloods e Crips. As duas estão representadas com as cores azul e vermelha, tons característicos das mesmas, assim como a esperança que mantém Lamar de que a violencia pare, através de uma intervenção nunca antes vista em um icónico Classic Leather.

Para elaborar este tênis, Kendrick Lamar se associou ao estilista Ian Paley para atualizar o modelo discreto, acrescentando uma costura longitudinal marcante, junto com toques vermelhos e azuis sutis, porém distintos para enfatizar o apelo à paz que faz Kendrick.

Esta costura, que resalta com pontos grossos e em relevo, torna-se o detalhe chave deste lançamento, simbolizando a união entre as gangues mais famosas da califórnia e a decisão mais importante de Kendrick tomo una sua vida: manter-se fora das brigas das gangues e usar suas arte para fazer diferença na cultura moderna.

O design reflete a postura e a visão do artista de usar suas letras provocativas para voltar a emponderar a juventude e convida-los para celebrar o Hip Hop e esquecer do enriquecimento fácil, das drogas e da vida das gangues. Kendrick tem uma das maiores plataformas de influencia entre os jovens, e é uma alusão constante em seu reconhecido álbum To Pimp A Butterfly, e que demosntra a sua reinterpretação do Reebok Classic Leather.

“A ideia, literalmente, era cortar cada bairro na metade, dividindo-os em esquerda e direita. Depois, as partes superiores foram costuradas novamente, usando cada uma das peças para criar um novo tênis que tem os mesmo elementos; representando como duas partes podem se unir, a pesar das diferenças. A intenção ao manter cores contrastantes era permitir que ‘cada cor viva por sua conta, enquanto trabalham para manter-se juntas’”, explica o músico.

Esta divisão de cores aparece na língua e na etiqueta, enquanto a sola é de borracha e cinza. A etiqueta, que foi modificada, deixando somente a letra “K” de Reebok em vermelho ou azul, dependendo do modelo.

REEBOK CLASSIC_Classic Leather + Kendrick Lamar_R$_1

REEBOK CLASSIC_Classic Leather + Kendrick Lamar_R$_3

REEBOK CLASSIC_Classic Leather + Kendrick Lamar_R$_4

Comments

comments

Lila Varo

Lila Varo

Veja todos os posts

Lila Varo, é produtora de conteúdo, editora do Mistura Urbana e mais um continente a sua escolha. lila[@]misturaurbana.com