7 motivos para visitar o Mercado Municipal de São Paulo – o nosso Mercadão

7 motivos para visitar o Mercado Municipal de São Paulo – o nosso Mercadão

Não é à toa que o Mercado Municipal de São Paulo, mais conhecido como Mercadão, encanta moradores e turistas. Motivos não faltam para visitar este ponto turístico e gastronômico da cidade. Cores, aromas, delícias e história são alguns deles. Agora tem mais uma novidade, show de chorinho aos domingos. Grátis!

Os vitrais impressionam. Foto: José Cordeiro/SPTuris
Os vitrais impressionam. Foto: José Cordeiro/SPTuris

1.História e arte. O prédio é um dos lugares mais bonitos de São Paulo. O Mercadão foi inaugurado em 25 de janeiro de 1933. A construção tem a marca registrada de Ramos de Azevedo, responsável também por outros belos edifícios como o Teatro Municipal, Palácio das Indústrias, Pinacoteca, os Correios, entre outros. Construído com colunas em estilo grego, jônico e dórico, um dos destaques são as telhas de vidros, clarabóias e os lindos vitrais que permitem uma iluminação natural. Ao todo são 32 paineis, subvidividos em 72 vitrais, do artista russo Conrado Sorgenicht Filho.

Lanche-de-Mortadela-e1455755728834

2.Comer. Quer motivo melhor que este? Suas centenas de barracas têm de tudo. Desde frutas exóticas, sucos, temperos, legumes, frios, queijos e azeitonas importadas, vinhos e outras bebidas, carnes, peixes, cereais que fazem a alegria dos visitantes e dos chefs de cozinha tamanha a variedade de ingredientes.

3.O sanduíche de mortadela e o pastel de bacalhau. Difícil fica escolher um dos dois. É melhor ir com alguém para dividir, já que as guloseimas são gigantes e vai ser difícil comer sozinho. Estas duas opções praticamente tornaram-se pratos típicos de São Paulo. Se for pela primeira vez, tem que provar. Existe muitas barracas que vendem estas comidas, difícil escolher qual é a melhor. Mas se quiser provar algo diferente, tem muita variedade na praça da alimentação.

Mercado-Municipal_080813_Foto_JoseCordeiro_0202

4.Compras. Você não precisa ser um chef de cozinha para tentar receitas diferentes. Os ingredientes que são vendidos no Mercadão são muito variados, alguns bem exóticos e muitos deles são importados. Muitos restaurantes vão lá para abastecer suas cozinhas. O preço não é tão barato, mas vale a pena pesquisar e levar para casa algumas delícias.

5.Tirar fotos. Gosta de fotografia? O Mercadão rende vários cliques bacanas, o que não falta é tema para fazer aquela foto e impressionar os amigos. Você pode focar na arquitetura, nas comidas, nas pessoas, nos detalhes. Com certeza, suas fotos ficarão incríveis, mesmo sendo um amador.

Mercado Municipal de São Paulo Foto: José Cordeiro/SPTuris
Mercado Municipal de São Paulo Foto: José Cordeiro/SPTuris

6.Curiosidades. Os números impressionam: O prédio ocupa um espaço de 12.600 metros quadrados de área, abriga mais de 1.500 funcionários que, juntos, movimentam cerca de 350 toneladas de alimentos por dia em seus mais de 290 boxes!

7.Ouvir música de qualidade. Sim, agora o Mercadão tem uma atração a mais. Todos os domingos ao meio-dia têm shows de chorinho na praça de alimentação. Confira a programação:
JOÃO MACACÃO E CONJUNTO PAULISTANO
Com João Macacão, Claudinho Martins, André Almeida e Getúlio Ribeiro e Milton de Mori.
Representante da velha guarda do choro, do samba e da seresta, o grupo resgata a memória musical brasileira por meio dos grandes mestres do choro, além de cantar músicas de seus CDs “Consequências” e “Serestando”.
Dia 1º, 12h

CHORANDO NA LABUTA
Com Thiago Branduliz, Camila Silva, Fernando Marchetti e Beto Araújo.
O quarteto explora o repertório do choro desde seu surgimento na metade do século 19 até os dias de hoje.
Dia 8, 12h

DOIS POR QUATRO
Com Deni Domenico, Yves Finzetto, Allan Abbadia, Leandro Oliveira e Wesley Vasconcelos.
Com turnê pela Europa comemorando o Dia do Choro, em maio de 2014, o grupo foi um dos quatro representantes do Brasil no congresso MicSur (Mercado de Industrias CulturalesdelSur), realizado em Mar del Plata (Uruguai).
Dia 15, 12h

REGIONAL DO BABECHE
Com Leonardo Thomsen, Ivan Melillo, Pedro Pita, Rafa Nascimento e Bruno Vinci.
O Regional resgata a música de chorões consagrados e toca obras autorais.
Dia 22, 12h

Será que me esqueci de algum motivo? Acrescente nos comentários por que você gosta de visitar o Mercadão.

QUARTETO-PIZINDIM1-e1455755859515

 

Serviço
Choro no Mercado
Data: todos os domingos de maio
Horário: às 12h. Grátis.
Local: Rua da Cantareira, 216 (Mercado Municipal Paulistano)

Site: Mercadão

Veja qui um vídeo sobre a história do Mercadão

Veja mais AQUI

Comments

comments