Galeria A7MA recebe a exposição pocket "1/4" - MISTURA URBANA

Galeria A7MA recebe a exposição pocket “1/4”

0a5c48_91dae29680c74216847344df3292303e.jpg_srz_956_601_85_22_0.50_1.20_0

No próximo dia 25 de fevereiro, a partir 15h, acontece na Galeria A7MA a abertura da exposição pocket “1/4”. Com obras inéditas, que trazem o deslocamento geográfico de quatro artistas entre a zona sul e a zona leste da cidade de São Paulo, são eles Alexandre Puga, Cris Rodrigues, Michel Onguer e Quinho Fonseca. O público poderá visitar a exposição na terceira sala da galeria até 2 de abril, de segunda a sábado, das 11h às 20h. Com entrada gratuita e agendamento de grupos para visitação.

“Itinerário que cruza e atravessa barreiras culturais, sociais e étnicas. Construções em variação de cores predominantemente terrosas, tijolo sobre tijolo, cenário alaranjado, fios emaranhados. Natureza, Lago Azul. Mirando Cantinho do céu. Famílias vivem sonhos bloco, areia e cimento, levanta o cinza sobrado”, defini Marvin Rantex.

Sobre os artistas

Alexandre Puga
Incansável pesquisador de novas técnicas tanto na arte do Graffiti como na pintura, Alexandre Puga é hoje um dos grandes ativista na cena do Graffiti Paulistano, formou-se em artes Plásticas em 2008 e entre aulas para jovens, ateliês e saídas para graffiti na cidade tenta terminar a Pós-graduação em história da arte na FAAP. Seus personagens de tintas coloridas, gritam algo que ainda não foi dito, algo que precisa ser explicado, os valores e a representação da família na sociedade contemporânea é parte principal do seu repertório visual.

Sobre Quinho QNH
Quinho QNH’, nascido na zona leste de São Paulo, descobriu a comunicação através da pixação. Autônomo, experimenta técnicas de desenho, pintura, tattoo, ilustração e graffiti. Retrata em seus trabalhos experiências cotidianas partindo de críticas sociais de convivência e consumo. É integrante das crews FDP (Fora Dos Padrões), DRR (Defensores do Ritmo Rua), LOWS, OTM (Operação Tinta no Muro), Os Cara De Casa e Sociedade Fantoche.

Michel Onguer
Artista plástico especializado em Graffiti, artista por aptidão. Tendo o Brasil como tema das obras de Arte buscando valores e poéticas, apresentadas pelo cotidiano. Seu mundo pessoal passa a fazer parte da vida de variadas pessoas, provocando a memória e rediscutindo valores. A flexibilidade de trabalhar em diversos suportes conduz naturalmente a diversas possibilidades, e o estilo de vida busca uma maneira sutil entre o equilíbrio de viver, sonhar e amar.

Cris Rodrigues
Um artista reconhecido em meio a arte urbana nacional com traços inconfundíveis, capaz de transformar ações e situações nebulosas e sombrias em arte afirmativa através de cores e traços fortes. Em sua arte expressa de forma detalhada os conflitos e contexto cotidianos dentro do paradoxo do discurso da normalidade. Seus murais complexos evidência a sutileza e a intensidade como se envolve nas situações mais corriqueiras do cotidiano coletivo e de seu próprio cotidiano. Integrante do Grupo OPNI desde 1997, Cris Rodrigues, agora em projeto individual, contempla seus apreciadores com obras reflexivas e de impacto.

exposicao final

Serviço

Exposição “1/4”
Abertura: 25 de fevereiro de 2016 a partir das 15h
Visitação: 25 de fevereiro a 2 de abril de segunda a sábado, das 11h às 20h
Entrada Gratuita
Local: A7MA – Rua Harmonia, 95 – Vila Madalena
Tel: 11 2361-7876
[email protected]
www.a7ma.art.br

Se cadastre no nosso MAILING e fique por dentro de tudo o que está rolando aqui!

Comments

comments

Natt Naville

Natt Naville

Veja todos os posts

Natt Naville é jornalista e gosta de tudo que envolve o universo da comunicação. Entre palavras e histórias: Música. Música para tocar, para ouvir e dançar. Editora do Mistura Urbana, gosta de criar, recriar e se reinventar. Vive no paraíso azul da Grécia.