Relógios de rua são transformados em calibradores de bicicletas - MISTURA URBANA

Relógios de rua são transformados em calibradores de bicicletas

Todo mundo sabe o quanto é importante cuidar do nosso planeta e preservar o que há de mais bonito nele, não é mesmo? E podemos cuidar de diversas maneiras. Uma delas é trocar o nosso transporte tradicional por uma bicicleta, que é totalmente do bem.

Pensando nisso, olha que ideia super bacana e em prol da sustentabilidade que a Petrobras teve para facilitar a vida dos ciclistas, e assim contribuir com a mobilidade, e também o uso do transporte alternativo.

Desde o dia 22 de Setembro, dia em que é comemorado o Dia Mundial Sem Carro, a galera do Rio de Janeiro pode sair para pedalar sem se preocupar se encheu o pneu antes. Isso porque os relógios de alguns bairros da cidade receberam calibradores de ar. Ou seja, é só parar em algum deles, encher o pneu da sua bike e aproveitar o dia.

É muito válido experimentar formas alternativas de mobilidade, descobrindo que é possível sim se locomover pela cidade sem usar o automóvel e que há vida além do para-brisa, aliás muita vida.

Ainda mais para quem mora na cidade maravilhosa, que é cercada por verde de todos os lados e de uma natureza esplêndida. Nada mais gostoso do que passear com uma super vista, fazendo exercício ao mesmo tempo, em dia com a saúde e com mais energia, concorda?

A ideia foi levar um pouco dos Postos Petrobras para outros pontos da cidade. Vale lembrar, que os calibradores utilizam uma mídia já existente de forma diferenciada para criar um novo serviço.

E onde encontrar? De rolê pela cidade maravilhosa, você pode encontrar os calibradores próximos a ciclovias nos bairros: Urca, Leme, Leblon e Humaitá.

dnl5I9pKyBY8u5l5BBd4cHBD-r9XowjXIXgmNP7zj3Y

kAXsWzt7cch9erPwRmvvvT0IsbXcHlTS_sH3yDF4w3Q

A ação faz parte da campanha da marca que traz o conceito de oferecer Sempre Mais para os clientes dos Postos Petrobras.

A gente agradece, e a natureza também!!

XrHx4phuZWoxy8GWQ_zIKlel8zEOyJ0qpbEh8viVc5I

*Esse post é um publi editorial

Comments

comments