Converse anuncia campanha nacional "Made by You" em homenagem a Cazuza - MISTURA URBANA

Converse anuncia campanha nacional “Made by You” em homenagem a Cazuza

unnamed (2)

Hoje a CONVERSE Inc. anuncia o lançamento nacional da campanha “Made by You”, que tem como principal objetivo celebrar os fãs da Converse, que ao longo dos anos expressaram sua criatividade de várias formas na utilização de seus tênis no dia a dia.

Para representar a campanha brasileira um dos artistas escolhidos foi um ícone dos anos 80, o cantor e compositor Cazuza, que será homenageado por meio de um vídeo chamado “Passos da Vida”, que fala sobre a intensidade da vida e coragem para valorizar as experiências. Com a trilha sonora “O Tempo não Para”, o conteúdo traz de uma forma autêntica o que o artista representou para a história do Brasil e mundo, e o que a Converse apoia: a celebração da autoexpressão.

A campanha traz ainda o icônico modelo Converse Chuck Taylor All Star branco que pertencia a Cazuza, e também aparece em um portrait com a assinatura do músico, cedida pela Sociedade Viva Cazuza. O tênis está em exposição nesta instituição, localizada no Rio de Janeiro, dentro de um projeto criado para manter viva a imagem do cantor.

Com o intuito de destacar o espírito criativo de cada um em diversos lugares no mundo, na maneira de criar, pensar e agir, para complementar a campanha brasileira foram selecionados mais dois influencers, respeitados cada um em seu universo: Bárbara Eugenia, cantora, e Rafael Grampá, renomado quadrinista brasileiro. Eles e Cazuza se unem a ícones como Andy Warhol, Patti Smith, Futura, Jefferson Hack, Sayo Yoshida, Kate Lanphear e Glenn O’Brien, que estiveram presentes com seus portraits, na campanha “Made by You”, que teve inicio no começo deste ano.

“Made by You” é uma celebração de indivíduos criativos, suas histórias e seus tênis. Se eles são pintados à mão, coberto de lama ou desgastados com buracos, cada um retrata e conta uma história profundamente pessoal da transformação de um tênis branco, preto, vermelho ou azul marinho em uma obra de arte notável.

CONVERSE

A CONVERSE Inc. busca inspiração na convergência de quatro elementos-chave da street culture: arte, música, fashion e skate. Por isso, além dos produtos e parceria com diversas marcas de moda importantes, como é o caso da colab com a Missoni, a marca investe em diversas ações importantes que estejam ligadas ao seu DNA, como o “Converse Rubber Tracks”, que é uma plataforma que funciona como um estúdio de gravação, e que fornece todos os aparatos necessários para artistas envolvidos com música liberarem seu espírito criativo. O primeiro estúdio fixo está localizado no Brooklyn, em Nova York. Já o segundo país a receber esse projeto foi o Brasil. Além disso, o CRT também promove festivais de música pelo mundo. Fundada em 1908, a marca, que lançou o Converse All Star, o primeiro tênis de performance para basquete do mundo, hoje possui sede em Boston, Massachusetts, e oferece um portfólio diversificado, presente em mais de 160 países.

MADE BY YOU

A plataforma “Made by You” é uma celebração de indivíduos criativos, suas histórias e seus tênis. Se eles são pintados à mão, coberto de lama ou desgastados com buracos, cada um retrata e conta uma história profundamente pessoal da transformação de um tênis em uma obra de arte notável. A Converse buscou no mundo os modelos que mais representavam seus donos, na maneira de criar, pensar e agir. Após essa busca, a campanha “Made by You” teve início no começo deste ano com diversas ações pelo mundo, uma delas foi a coleção de retratos dos tênis Converse Chuck Taylor All Star, apresentando a diversidade infinita dos indivíduos do passado e do presente que utilizaram o modelo. Os retratos trazem a imagem dos tênis de ícones internacionais como Patti Smith, Andy Warhol, Futura, Jefferson Hack, Sayo Yoshida, Kate Lanphear e Glenn O’Brien, e foram apresentados ao lado de retratos do cotidiano utilizados em exposições globais. São desde músicos, artistas, fashionistas, até desconhecidos. Seus retratos oferecem uma lente contemporânea para os mundos distintamente único que habitam. Além disso, a campanha pretende destacar o espírito criativo das comunidades locais com seus artistas.

CAZUZA
Ícone dos anos 80, o cantor, compositor e poeta Agenor de Miranda Araújo Neto, mais conhecido como o Cazuza, começou sua carreira como vocalista do Barão Vermelho, banda na qual compôs os sucessos “Todo amor que houver nessa Vida”, “Pro dia Nascer Feliz”, “Maior Abandonado”, “Bete Balanço” e “Bilhetinho Azul”. Já em carreira solo, ficou conhecido pelos sucessos “Exagerado”, “Ideologia” e “O Tempo não Para.” Irreverente, rebelde e polêmico essas eram as características mais presentes no artista. Em 1989, Cazuza declarou ser soropositivo e desde então lutou contra imunodeficiência. Considerado um dos maiores compositores da música brasileira, em outubro de 2008, a revista Rolling Stone divulgou uma lista com os “Cem Maiores Artistas da Música Brasileira”, Cazuza ficou na 34ª posição.

VIVA CAZUZA

Fundada em 1990, em memória do cantor e compositor Cazuza, que faleceu naquele ano vítima da Aids, a instituição iniciou seus trabalhos junto ao Hospital Universitário Gaffrée e Guinle, no Rio de Janeiro. Em 1992 se desligou daquele hospital e iniciou um trabalho independente fornecendo medicamentos, exames e assistência a pessoas carentes portadores do HIV. Em 1993, após conseguir a cessão de uso de um imóvel da Prefeitura do Rio de Janeiro, montou a primeira Casa de Apoio Pediátrico do Município. A casa tinha como finalidade fornecer abrigo, tratamento médico, educação, reintegração familiar, lazer, cultura. Hoje a Viva Cazuza conta também com um Projeto de Adesão ao Tratamento, atendendo mensalmente 140 pacientes, em tratamento na rede pública do Rio de Janeiro. Neste ano a Sociedade Viva Cazuza completa 25 anos.

Se cadastre no nosso MAILING e fique por dentro de tudo o que está rolando aqui!

Comments

comments

Natt Naville

Natt Naville

Veja todos os posts

Natt Naville é jornalista e gosta de tudo que envolve o universo da comunicação. Entre palavras e histórias: Música. Música para tocar, para ouvir e dançar. Editora do Mistura Urbana, gosta de criar, recriar e se reinventar. Vive no paraíso azul da Grécia.