6 lugares abandonados para “visitar” no Halloween - MISTURA URBANA

6 lugares abandonados para “visitar” no Halloween

edificios-abandonados-ilha-de-hashima-894660

O Dia das Bruxas já está aqui, e ainda que muitos resistam a celebrar essa festa americana outros desfrutam como se não tivesse amanhã. Decorações tenebrosas, fantasias e cardápios aterrorizantemente suculentos são algumas das buscas mais realizadas durante esses dias, mas, além disso, o Halloween é um bom momento para escutar histórias. Histórias sobre lugares escuros e tenebrosos. Esses lugares nos quais sentir medo resultaria um pouco grotesco. Você gosta de lugares abandonados? Hoje trazemos uma boa lista de lugares nos quais sentimos medo, mas medo de verdade. Se atreveria a passar o Dia das Bruxas em alguns deles?

Uma ilha abandonada

A primeira vez que vi fotos da ilha de Hashima pensei que não poderia existir um lugar assim. Parecia que definitivamente se tratava de um cenário criado exclusivamente para algum filme de terror. Mas na verdade ela existe, e é a prova mais evidente de que o passar do tempo é devastador. Explicando: Hashima, também conhecida como GunKanjima, é uma das quinhentas e cinco ilhas desabitadas da Prefeitura de Nagasaki, com uma peculiaridade que a torna diferente de todas, porque nela encontramos uma monumental cidade abandonada. Esse lugar esteve habitado entre 1887 e 1974, um curto período de tempo se temos em conta a grande quantidade de edifícios que foram construídos para alojar milhares de pessoas com uma só finalidade: explodir uma mina de carbono. Quando o mineral acabou, a ilha foi completamente abandonada em pouco tempo. A pressa se apoderou dos operários, porque só receberiam um novo trabalho da companhia aqueles que saíssem de lá o mais rápido junto com ela. Consequência: um lugar fantasmagórico, uma cidade completamente abandonada e deteriorada na qual encontramos hospitais, cinemas, restaurantes e casas cheias de objetos pessoais. De vez em quando recebe visitas, mesmo os edifícios estando tão deteriorados e não sendo nada recomendável. Além disso, esse foi o lugar no qual foi rodado o filme Battle Royal II.

edificios-abandonados-ilha-de-hashima-894654

edificios-abandonados-ilha-de-hashima-894655

edificios-abandonados-ilha-de-hashima-894658

ilha-de-hashima-894656

ilha-de-hashima-894661

Um palácio cheio de pianos

Os castelos abandonados tem algo que nos atrai. Não importa que não contém histórias de fantasmas, nossa imaginação já se encarrega de exprimir seu lado mais misterioso. O Chateau Clochard é um desses castelos abandonados que vem encantado artistas e fotógrafos, o que não é estranho. É conhecido, também, como Chateau Pianiste, devido a grande quantidade de pianos que se encontravam em seu interior. Sim, encontravam, já que esse castelo ficou abandonado. Depois de séculos de história, os donos desse lugar não queriam gastar nem um euro para reabilitá-lo. Finalmente, depois de somente um mês que essa belíssima residência medieval começou a fazer parte de um projeto de limpeza e reabilitação, um incêndio acabou com grande parte de seu interior. Parecia que o destino tinha outros planos para essa misteriosa propriedade.

castelo-chateau-clochard-abandonado-894667

castelo-chateau-clochard-abandonado-894668

castelo-chateau-clochard-abandonado-894670

castelo-chateau-clochard-abandonado-894671

castelo-chateau-clochard-abandonado-894672

castelo-chateau-clochard-abandonado-894675

Um sanatório muito nebuloso

Cidades abandonadas e castelos, sim, mas também hospitais! Esses edifícios seguem estando nos primeiros postos da lista de edifícios abandonados que despertam mais medos. O sanatório Beelitz-Heilstätten é um clássico exemplo, um enorme complexo de hospitais localizado em metade de um escuro bosque. Se atreveria a passar por ali? Foi criado como sanatório para doentes de tuberculose, sendo assim um dos maiores complexos de hospitais da Alemanha com mais de 60 edifícios e 200 hectares. Com a chegada da Primeira Guerra Mundial foi usado como hospital militar, função que continuou exercendo durante a Segunda Guerra Mundial até que o Exército Vermelho se apoderou dele, convertendo até 1994 no maior hospital russo fora do território da antiga URSS. Seu destino, vendo as fotos, é mais do que evidente: outro grande complexo de edifícios devastado pelo tempo. Não obstante, sua bela arquitetura não passou desapercebida, sendo assim um lugar usado para gravar diversos filmes como O Pianista de Polanski, A Vida é tudo o que temos de Wolfgang Becker ou Valkyria, de Tom Cruise. Para mim, particularmente, os hospitais já assustam um pouco, se além disso vierem acompanhados de paredes que estão caindo e equipamentos médicos realmente deteriorados, medo é pouco.

sanatorio-beelitz-heilstatten-894677

sanatorio-beelitz-heilstatten-894678

sanatorio-beelitz-heilstatten-894679

sanatorio-beelitz-heilstatten-894680

sanatorio-beelitz-heilstatten-894681

Obscuros experimentos em uma prisão

Sim, as prisões não tem histórias felizes para contar, isso é claro. Mas na verdade tampouco esperamos que esses lugares transpirem direitos humanos. A prisão de Holmesburg da Filadélfia, além de estar completamente abandonada, é um lugar que conta com uma escura história em suas costas. Aparentemente, esse lugar, desde 1986 até 1995, não só abrigava os presos, também permitia maus tratos aos mesmos e, o que é pior, experimentos humanos. As imagens dessa prisão são realmente assustadoras, mas sem dúvida alguma, saber que nesse lugar a violação, tortura, experimentos médicos e inclusive o assassinato era algo muito natural, ainda nos faz estremecer.

prisao-de-holmesburg-da-filadelfia-894697

prisao-de-holmesburg-da-filadelfia-894698

prisao-de-holmesburg-da-filadelfia-894699

prisao-de-holmesburg-da-filadelfia-894700

prisao-de-holmesburg-da-filadelfia-894701

Um hotel Art Decô completamente arrepiante

Em Detroit encontramos uma das obras primas de Art Decô mais destacadas, no entanto, está completamente abandonada. Trata-se de um edifício que abrigou um dos hotéis mais luxuosos do país, em 1928: o Lee Palace. Seu interior é realmente arrepiante, como podemos ver nas imagens. O complexo constava de 15 andares e 220 apartamentos, além de salas de refeições e closets. Quando deixou de ser o hotel da moda, pouco a pouco o investimento deixou também de ser rentável. Como solução desesperada decidiram convertê-lo em uma residência de idosos, mas parecia que seu destino já havia sido escolhido. A falta de lucro para pagar impostos fez com que o edifício ficasse completamente abandonado à sorte, sendo durante anos depredado por vândalos. Um interior realmente elegante mas completamente deteriorado, uma beleza arrepiante que faria até o mais corajoso sentir medo.

hotel-abandonado-lee-palace-894705

hotel-abandonado-lee-palace-894707

hotel-abandonado-lee-palace-894708

hotel-abandonado-lee-palace-894709

hotel-abandonado-lee-palace-894710

Um povoado fantasma

Na Espanha também existem lugares abandonados e aterrorizantes. Nos surpreenderíamos se tivéssemos uma lista dos povoados abandonados dentro do país, mas, sem dúvida nenhuma, nessa lista um se sobressai: Belchite. Localizado na região de Zaragoza, este povoado é conhecido pela sua história, ali foi onde aconteceu uma das batalhas mais simbólicas da Guerra Civil do país, a batalha de Belchite. As consequências foram devastadoras e o povoado ficou completamente destruído. Sendo assim, no lugar de reconstruí-lo, foi decidido criar outro povoado, o Belchite Novo. Não somente trata-se de uma lugar no qual é possível observar as consequências mais duras de uma guerra, também é um lugar que muitos catalogam como ponto sobrenatural. Sendo assim, são muitos os curiosos que se aproximam para comprovar se é verdade que os fantasmas de Belchite existem.

povoado-fantasma-de-belchite-894755

povoado-fantasma-de-belchite-894757

povoado-fantasma-de-belchite-894759

povoado-fantasma-de-belchite-894760

povoado-fantasma-de-belchite-894773

povoado-fantasma-de-belchite-894781

Texto por: Ana Camila VieiraHabitissimo

Se cadastre no nosso MAILING e fique por dentro de tudo o que está rolando aqui!

Comments

comments