Cinema de Montagem ganha mostra na Caixa Cultural Rio de Janeiro - MISTURA URBANA

Cinema de Montagem ganha mostra na Caixa Cultural Rio de Janeiro

Limite - 1931 - Dir. Mário Peixoto (1)
Limite – 1931 – Dir. Mário Peixoto (1)

A CAIXA Cultural Rio de Janeiro apresenta, de 6 a 18 de outubro, a mostra Cinema de Montagem, que reúne 21 filmes raros, alguns destes nunca exibidos no Brasil. Além das sessões, serão realizados três debates e duas masterclasses, com o objetivo de ampliar o diálogo e a reflexão sobre possíveis abordagens e ferramentas utilizadas por montadores de cinema.

O evento, inédito na cidade, traz filmes brasileiros e de países como França, Japão, Portugal, Áustria, Rússia, Inglaterra e Estados Unidos, com curadoria de Eva Randolph, Karen Akerman e Miguel Seabra Lopes. A mostra – que já passou por São Paulo -, pretende contribuir para a divulgação da arte da montagem, proporcionando um espaço de debate para os profissionais da área, bem como estabelecer o interesse do público leigo por este dispositivo de criação.

Entre os filmes selecionados, destaque para a exibição completa de Histoire(s) du Cinéma, de Jean-Luc Godard, uma série de oito filmes experimentais, realizados entre 1988 e 1998, que exploram os limites da técnica de montagem e do conhecimento; a ficção científica Je t’aime, je t’aime, de 1968, dirigida por Alain Resnais; Limite, filme-poema do brasileiro Mário Peixoto, em versão restaurada; o biográfico Edvard Munch, dirigido por Peter Watkins; a obra original O Cremador, de Juraj Herz; e o vanguardista Uma Página de Loucura, dirigido pelo japonês Teinosuke Kinugasa em 1926.

A variada seleção de filmes, oriundos de diferentes épocas e com mecanismos próprios, será reunida em um livro-catálogo que inclui textos inéditos dos montadores Daniel Rezende, Diana Vasconcellos, Eduardo Escorel, Eduardo Serrano, Giba Assis Brasil, Idê Lacreta, Joana Collier, Jordana Berg, Karen Harley, Livia Serpa, Marília Moraes, Paulo Sacramento, Ricardo Miranda, Ricardo Pretti.

André Ramos da Orquestra Voadora
André Ramos da Orquestra Voadora

Debates e masterclasses:

Grandes nomes da montagem em cinema, TV e vídeo também participam de debates e ministram masterclasses na CAIXA Cultural Rio de Janeiro.

No dia 7 de outubro (quarta-feira), às 18h30, os montadores Vinícius Nascimento (Hélio Oiticica), Isabel Vidor e a videoartista Célia Freitas debatem a montagem cinematográfica, com mediação da curadora Eva Randolph (Amor, Plástico e Barulho; Pachamama; e Jards). No mesmo dia, a partir das 19h, em outra sala, ocorre também a primeira masterclass carioca, com a montadora Karen Harley, codiretora do documentário indicado ao Oscar Lixo Extraordinário, editou Cinema, Aspirinas e Urubus e o recente Que horas ela volta?.
No dia 8 de outubro (quinta-feira), às 19h, a montadora Jordana Berg (Edifício Máster; Jogo de Cena; e As Canções) ministra sua masterclass.

No debate Montagem e Linguagem, do dia 11 de outubro (domingo), às 14h, o pesquisador, professor de cinema e ensaísta Cezar Migliorin, da Universidade Federal Fluminense, faz a mediação entre os diretores e montadores Joel Pizzini (Olho nu e Mr. Sganzerla), Fred Benevides (Viventes e Visita ao Filho) e Fernando Vitor (Serra Pelada e Trair e coçar é só começar).

Encerrando os debates, no dia 17 (sábado), a partir das 14h, Marina Meliande, montadora dos premiados Histórias que só existem quando contadas e Girimunho, divide a mesa de debate com Pedro Bronz (Getúlio e Herbert de Perto) e André Sampaio (Rua Netuno Morada do Sol), com mediação do diretor e roteirista Allan Ribeiro (Mais do que eu possa me reconhecer).

A mostra é uma realização da produtora Jurubeba, com patrocínio da Caixa Econômica Federal e Governo Federal e conta com apoio da Associação dos Montadores do Rio de Janeiro.

Serviço

Mostra Cinema de Montagem
Local: CAIXA Cultural Rio de Janeiro – Cinemas 1 e 2
Endereço: Av. Almirante Barroso, 25, Centro (Metrô: Estação Carioca)
Telefone: (21) 3980-3815
Data: 06 a 18 de outubro de 2015 (terça-feira a domingo)
Horários: Consultar Programação
Ingressos: R$ 4,00 (inteira) e R$ 2,00 (meia). Além dos casos previstos em lei, clientes CAIXA pagam meia.
Lotação: Cinema 1 – 78 lugares (mais três para cadeirantes) / Cinema 2 – 80 lugares (mais dois para cadeirantes)
Bilheteria: de terça-feira a domingo, das 10h às 20h
Classificação Indicativa: Consultar Programação
Acesso para pessoas com deficiência
Mais informações aqui.

Encurralado - 1971 - Steven Spielberg
Encurralado – 1971 – Steven Spielberg

Comments

comments

Natt Naville

Natt Naville

Veja todos os posts

Natt Naville é jornalista e gosta de tudo que envolve o universo da comunicação. Entre palavras e histórias: Música. Música para tocar, para ouvir e dançar. Editora do Mistura Urbana, gosta de criar, recriar e se reinventar. Vive no paraíso azul da Grécia.