Artista cria retratos utilizando preservativos - MISTURA URBANA

Artista cria retratos utilizando preservativos

f62ccd5366c053a7d736a912b3beeb20

O que há de errado em fazer arte utilizando camisinhas? Sim, é isso mesmo, ao longo de quatro anos o artista Niki Johnson já usou mais de 17.000 preservativos de látex colorido, para junto criar retrato do Papa Bento XVI, e de outros rostos conhecidos como Amy Winehouse, Paris Hilton entre outros.

Niki Johnson é um artista, curador e organizador. Gosta de trabalhar e tem curiosidade em criar com diversos tipos de materiais diferentes, que se traduzem em retratos, objetos esculturais. Seus trabalhos artísticos incluem noções de história americana cultural, identidade, e as mercadorias que medeiam nossa experiência na cultura de consumo.

0f067152e25a5feef16ff1175b4411cc

edbaea0cc40736d65ba26724905fe8a5

Coloquei no título que ele chocou, por que por sua arte um tanto quanto ousada, há muitos líderes católicos contra o artista, inclusive que se opõem à sua inclusão no Museu de Arte de Milwaukee, para participar de uma coleção permanente. De acordo com o “The Creators Project”, sua ideia para criar seu trabalho, teve início por um segmento de rádio que foi ao ar em 2009, através da declaração de divisão do então Papa Bento XVI sobre o uso das camisinhas. Johnson acredita que “é o papel dos líderes mundiais e sua responsabilidade para a saúde pública”, em sua essência: “A peça papa foi feita em protesto.”

Em 2013, Niki recebeu de uma fabricante de preservativos uma doação de aproximadamente 1,2 milhão de camisinhas. As camisinhas foram doadas para que Niki fizesse sua “arte”. Com esses preservativos, e mais 20 outros companheiros de ramo, Niki montou uma exposição intitulada “Preservatif”.

Esse tipo de arte com iconografia religiosa não é nova, mas essa chocou. Esta não é a primeira vez que o artista tem considerado as ramificações políticas de seu trabalho e seu fascínio com a imprensa. O trabalho de Johnson como um artista lida com questões de identidade e perguntas “quem somos como americanos.” No passado, ela fez uma tela bordada do rosto de Paris Hilton, um retrato Amy Winehouse feita de sacos de plástico, intitulado Canto da droga, bem como uma escultura de braços de Michelle Obama a intitulado Uma Visão em branco que fala do “olhar branco sobre um corpo negro.”

Quer dizer, sua arte é provocativa sim, mas nos cabe refletir e admirar.

Mais do artista aqui.

6999136f61db209a52282c68729738c9

afd0107b8e709fc64b84d4ee43b7906f

via

Se cadastre no nosso MAILING e fique por dentro de tudo o que está rolando aqui!

Comments

comments

Natt Naville

Natt Naville

Veja todos os posts

Natt Naville é jornalista e gosta de tudo que envolve o universo da comunicação. Entre palavras e histórias: Música. Música para tocar, para ouvir e dançar. Editora do Mistura Urbana, gosta de criar, recriar e se reinventar. Vive no paraíso azul da Grécia.