Evento em Minas Gerais traz produção autoral criativa para as ruas em sua 4ª edição - MISTURA URBANA

Evento em Minas Gerais traz produção autoral criativa para as ruas em sua 4ª edição

Mercado Aberto 01

Vem da cidade de Juiz de Fora, em Minas Gerais, uma iniciativa que, pouco a pouco, ganha forma e se consolida como um evento que reúne moda, artesanato, gastronomia e muita música boa. O Mercado Aberto apresenta sua quarta edição e propõe uma nova estrutura de consumo, lazer e criação.

Juiz de Fora fica a 184km do Rio de Janeiro e a 532km de São Paulo. Uma cidade de porte médio, que abriga um grande número de estudantes de todo o país por contar com a presença da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF) e mais dez faculdades particulares. A grande movimentação de jovens interessados em produtos criativos e únicos e também interessados em produzir de forma diferente da que se vê no mercado tradicional fez com que a ideia do Mercado Aberto surgisse.

O projeto teve início no fim de 2014, quando Alice Linhares, 26 anos, e Diego Casanovas, 27, que atuam na área de comunicação social desde 2010, começaram a amadurecer a ideia de criar um novo tipo de evento na cidade. A proposta era reunir pequenos criadores em um espaço público – uma praça, e trazer aos moradores da cidade uma nova opção de consumo.

Na maioria dos casos, essas pequenas marcas comercializam seus produtos apenas através da Internet. A oportunidade do evento seria perfeita para criar relacionamento, trazendo à tona uma série de novidades que estão acontecendo, mas que precisam, sim, ultrapassar a barreira do virtual para alcançar ainda mais pessoas. A Internet rompe fronteiras, mas pode acabar propondo um relacionamento frio e que ainda pode despertar desconfiança. Faltava o elo humano, insubstituível.

Sem esperar patrocínio e dividindo os custos entre todos que aceitaram o desafio, a primeira edição contou com 24 expositores e, mesmo com chuva, pode ser considerada um sucesso. Depois dela, vieram ainda mais duas, uma em março e outra em maio. Sempre conquistando novos expositores, o Mercado Aberto foi crescendo e se tornando uma referência para o público.

Na próxima edição, que acontece no dia 08 de agosto, reuniremos 45 expositores, todos com a proposta de criação autoral, voltada para a sustentabilidade, criatividade e inovação. Baseados no conceito de economia criativa, todas as marcas voltam-se para a criação de bens tangíveis, mas que carregam consigo valores e significados que vão além.

Produtos reproduzidos em pequena escala ou mesmo peças únicas podem ser encontradas entre as araras de novos estilistas e brechós, além de acessórios e objetos decorativos muitas vezes totalmente elaborados à mão.

Mercado Aberto 03

Mercado Aberto 14

A gastronomia também é destaque no Mercado Aberto, já que trabalha o mesmo conceito do artesanal, do feito à mão. Ingredientes exóticos e combinações surpreendentes chamam a atenção: é possível encontrar, por exemplo, um bolo de cerveja com cacau ou com limão! Preços acessíveis e menus completos com sanduíches e refeições reforçadas, tapiocas, doces, conservas, ervas e especiarias, além do hambúrguer vegano, sempre um sucesso, vão conquistar o paladar e o coração do público. Drinks, cerveja artesanal e um bom cafezinho completam as opções para que o visitante sinta-se em casa, ao som de boa música e pronto para passar a tarde toda com a gente, trocando ideias e conhecendo coisas novas.

A discotecagem do evento é 100% em vinil e fica por conta de Gramboy, responsável pela festa BANG! Grooves 100% Vinil. A proposta é reunir uma pesquisa musical que transita pelo melhor do soul, funky, música brasileira, reggae, rap’s e outras vertentes, cheias de swing, produzidas principalmente entre as décadas de 1960 e 1970. Em todas as edições, o som contagiou o público e resgatou a cultura do disco de vinil, criando um ambiente festivo e agradável para todas as idades!

Mais aqui e aqui.

Se cadastre no nosso MAILING e fique por dentro de tudo o que está rolando aqui!

Comments

comments

Natt Naville

Natt Naville

Veja todos os posts

Natt Naville é jornalista e gosta de tudo que envolve o universo da comunicação. Entre palavras e histórias: Música. Música para tocar, para ouvir e dançar. Editora do Mistura Urbana, gosta de criar, recriar e se reinventar. Vive no paraíso azul da Grécia.