Angra dos Reis recebe exposição Hiroshima 70 - MISTURA URBANA

Angra dos Reis recebe exposição Hiroshima 70

No dia 6 de agosto, entra em cartaz, em Angra dos Reis, a exposição Hiroshima 70, que reúne imagens capturadas por fotógrafos de diversos países desde 1945, quando os Estados Unidos lançaram duas bombas atômicas sobre as cidades japonesas Hiroshima e Nagasaki. A mostra, desenvolvida pela Sociedade Angrense de Proteção Ecológica (Sapê), lança um olhar sobre o universo nuclear, a partir destes fatos detonados no Japão, há 70 anos – uma maneira de relembrar as vítimas das indústrias bélica e nuclear.

h70-jornal-1
Hiromichi Matsuda / Museu da Bomba Atômica de Nagasaki. Nagasaki (Japão): 09 de Agosto de 1945

As fotografias apresentam, entre outros assuntos, o cenário apocalíptico criado pela explosão das bombas atômicas em Hiroshima e Nagasaki, a luta contra a energia nuclear, os impactos do ciclo do urânio (material radioativo utilizado tanto no desenvolvimento de bombas nucleares quanto na produção de energia), as consequências de acidentes nucleares sobre o ser humano e a natureza. Além destas imagens, a exposição também apresenta um conjunto de cartazes criados entre 1970 e 2010 por movimentos de resistência antinuclear ao redor do mundo.

A exposição Hiroshima 70 é o destaque da programação deste ano do Hiroshima Nunca Mais, conjunto de ações realizadas anualmente pela Sapê desde a década de 1980.

h70-jornal-3

Desde 1971, quando a usina Angra 1 começou a ser construída, os moradores de Angra dos Reis (cidade localizada entre as metrópoles Rio de Janeiro e São Paulo) convivem com a insegurança nuclear. O objetivo da exposição Hiroshima 70 é aproximar a população do debate sobre o uso de energia nuclear, levando em conta a iminente entrada em operação da usina Angra 3, prevista para 2018, e a meta do Plano Nacional de Energia, que prevê a construção de mais quatro usinas nucleares no Brasil até 2030.

PROGRAMAÇÃO:

Exposição HIROSHIMA 70
Período de visitação: 6 de agosto a 4 de outubro
Local: Centro Cultural Theóphilo Massad (Praça Guarda Marinha Greenhalg, S/N. São Bento, Angra dos Reis – RJ)
Fotografias de: Amirtharaj Stephen, Dan Budnik, Elin O’Hara Slavick, Herval Silva, Hiromichi Matsuda, Igor Kostin, James Crnkovich, Jan Smith, Joelma Couto, Paul Hill-Gibbins, Peter Goin, Rieko Uekama, Robert Del Tredici, Rosane Prado, Vanor Correia e Yoshito Matsushige.

EXIBIÇÃO DO FILME “HIROSHIMA MON AMOUR” (Direção: Alan Resnais. França, 1959).
Data: 07/08 (sexta-feira), 19h
Local: Sala de vídeo do Centro Cultural Theóphilo Massad

 

Comments

comments

Lila Varo

Lila Varo

Veja todos os posts

Lila Varo, é produtora de conteúdo, editora do Mistura Urbana e mais um continente a sua escolha. lila[@]misturaurbana.com