Rolês fora do “circuito turístico chacota” pra se fazer em Atenas - MISTURA URBANA

Rolês fora do “circuito turístico chacota” pra se fazer em Atenas

MED_gazi

Estou vivendo na Grécia há algum tempo, e posso dizer que esse país me encanta a cada dia. São praias de um azul turquesa de sonho, como as que estão na ilha de Milos, localizada no arquipélago das Cíclades, no Mar Egeu, já falei da ilha de Afrodite, relembre aqui; seja a paisagem exuberante do norte, como em Meteora, aqui, e claro, há muito ainda do que se descobrir.

O país vive em crise econômica há muitos anos é verdade, e também já foi classificada como a 39ª cidade mais rica do mundo por paridade do poder de compra, mas nem por esse antagonismo, perde sua beleza e seu charme. A Grécia é um lugar especial, e a cada dia mergulho mais nessa cultura ancestral cheia de história. E claro, como não falar da maior cidade da Grécia: Atenas – a capital e uma das cidades mais antigas do mundo, com o território habitado há 3400 anos.

Atenas (em grego: Αθήνα) é hoje uma metrópole cosmopolita, com quase 4 milhões de habitantes e que recebe turistas do mundo todo, encantados com tanta riqueza histórica. A principal cidade-estado na Grécia antiga, principal centro cultural das civilizações do ocidente, traz em suas terras, alguns dos maiores nomes do mundo que viveram nesta região: escritores, pensadores e escultores, entre eles estão os autores de peças de teatro Ésquilo, Sófocles, Euripedes e Aristófanes e também os grandes filósofos Platão e Sócrates. A cidade foi sede dos primeiros jogos olímpicos do mundo moderno – pois os jogos olímpicos foram criados em 776 a.C. na cidade de Olímpia, da onde provem o seu nome.

Atenas possui uma vasta variedade cultural, a curiosa mitologia, a imponente arquitetura, uma culinária deliciosa, e um povo muito simpático, que fala alto, e é feliz.

No verão o pôr do sol é às 21h da noite e o comércio, assim como na Espanha também funciona com o rodízio da “siesta”, aquele famoso relax depois do almoço sabe? Depois tudo volta ao normal e se estende até a noite.

Antes das dicas de rolê, uma muito importante. Para se deslocar, utilize o transporte público, uma ótima opção é o metrô, que funciona bem.

Bom, como me sinto cada dia mais familiarizada coma essa cultura milenar, deixo algumas dicas de rolês bacanas para você conhecer um pouco de toda essa história, mas com diversão e aproveitando cada minuto nessa cidade incrível.

1. Acrópole

É impossível ir para Atenas e não conhecer a Acrópole – um lugar de muito significado, com uma colina rochosa que abriga algumas das estruturas mais antigas do mundo, como o Partenon – um dos principais templos do complexo, construído entre os anos de 447 e 438 A.C. e que está dedicado à deusa grega Atena, a protetora dos atenienses e o Erecteion – considerado o espaço mais sagrado da Acrópole, onde foi realizado o culto de várias divindades. O local, cujo nome homenageia Erecteu, rei mítico e herói de Atenas, começou a ser erguido durante a guerra do Peloponeso, em 421 a.C., e só terminou 15 anos mais tarde O bacana dela é que você a vê em diferentes pontos da cidade, e quando a anoitece suas luzes a deixa ainda mais mística. O horário ideal para subir nela é logo cedo ou lá para o final da tarde.

The_Acropolis_Hill

Jardins da Acrópole

Além da Acrópole, algo bem legal de se fazer é caminhar entre o seu jardins, você não paga nada, passeia, curte o visual. Ideal para quem não quer pagar 15 euros ou encarar o calor para subir até ela.

10423842_10152219197002026_542466716472603658_n

2- Cine Paris, Atenas

O Cine Paris fica aos pés da Acrópole e é um cinema permanente ao ar livre. Só a vista já valeria. Mas também seduz pelo charme vintage. Abre de maio a outubro e custa € 8. A história desse cinema é bastante interessante, uma vez que ele construído no início nos anos 20 e foi o primeiro cinema open air, criado por um cabeleireiro grego que morava em Paris. Na programação diversos filmes com legenda e um visual uau de tirar o fôlego. Mais dele aqui.

Cine Paris, Athens

3- Rolê pelo bairro Exárchia

Em grego Εξάρχεια – é um bairro central da cidade, que está localizado próximo ao edifício histórico da Universidade Politécnica Nacional de Atenas. A região é famosa por ser ponto de encontro de militantes de esquerda, e reduto do Anarquismo. Vale a pena o passeio para ver as mais variadas formas de expressão de rua e sentir um pouco a atmosfera política e anti política.

exarchia-square-24-sep-1024x768

4- To Treno Tou Rouf

É um local que definitivamente você precisa conhecer. Ele é um trem, que possui espaços diferentes. São diversos vagões de trem, e em cada um há uma atração diferente. Na programação variada: shows de jazz, um pequeno teatro onde acontecem as apresentações, além de palestras, e ainda há um mecanismo de movimento que permite que você se sinta realmente viajando pelos trilhos. O espaço Vagão Bar é ideal para tomar um drink, conhecer os artistas que fazem performance e até fazer uma festa. Há ainda um restaurante, um bar open air, um espaço cultural. Um passeio diferente que com certeza será muito divertido. Mais informações aqui.

001

613182-290-1(1)-613182

rooph

5- Rolê de graffiti

É claro que um rolê para mergulhar na arte urbana não ia faltar. Podemos dizer que graffiti é tão antigo em Atenas quanto à própria cidade. Há por todos os lados arte de rua, seja ela um pixo, murais de artistas conhecidos, pequenos desenhos, grandes muros. Você vai notar um grande número deles. Uma curiosidade é que a palavra “graphi” vem do grego e significa escrever. Em Atenas, o que começou com um graffiti político e que servia à um propósito de liberdade de expressão e contestação, hoje em dia, além de ser uma galeria à céu aberto, me dá a impressão de que algumas assinaturas espalhas pela cidade parecem mais um grito de socorro.

Os melhores lugares para admirá-los são na Rua Ermou, no bairro de Gazi, mas também em outras áreas populares como os bairros de Plaka, Psiri e Exargia. Ah, e os trens também são riscados e você pode perceber assim que entra no metrô da estação Pireu.

Para saber mais, um guia de graffiti aqui.

10360898_10152219200572026_7631286385006631440_n

IMG_7944

Street-Art-by-STMTS-in-Athens-Greece

6- Gazi – um bairro bem animado

Esse antigo bairro industrial sofreu drásticas transformações ao longo da última década. Os gasodutos viraram um espaço para exposições, como é o caso da antiga fábrica de gás, que se transformou no centro cultural Technopolis, que recebe eventos multimídia, shows e festivais de todos os estilos. e a região foi tomada pelos bares, restaurantes, galerias de arte e casas de show, que merecem a visita tanto de dia, quanto de noite.

Este bairro para quem se divertir é uma da melhores áreas com diversas opções de entretenimento sejam os bares mais descolados, os espaços artísticos, clubes com museus, teatros, além dos templos clássicos e arqueológicos que se misturam. É um labirinto de ruas para se perder, se achar e se divertir principalmente. O lugar começa a ficar animado a partir das 11 da noite. A maior parte dos bares abrem até as 3 da manhã, e as discotecas até as 5 da manhã ou mais tarde. Atenas tem uma vida noturna bastante agitada, sente-se em um dos lugares, e peça drinks locais como o raki, o rakomelo ou ouzo.

slider3

7- Six D.O.G.S.

Esse “centro de entretenimento” localizado no bairro de Monastiraki tem de tudo um pouco. Há um bar, um restaurante, uma área verde e um espaço para apresentações musicais e teatrais. Em vários dias, ainda é possível encontrar um mercado de moda e antiguidades no local. Mais informações aqui.

Six-Dogs-Street-Night-01

8- Souvlaki

O mais famoso fast food da Grécia, leva pão pita, tomate, cebola roxa, batata frita, uma opção de carne bovina, suína ou frango, e ainda o molho mais tradicional grego, feito à base de pepino, iogurte e alho, que é o tzatziki. Você encontra por todos os locais, e além de ser bem gostoso e bem servido, é barato, custando entre 1 e 2 euros.

20120416-Pork-Souvlaki-Pita

9- Thanasis – Culinária Grega

Outra dica para você apreciar o seu souvlaki ou ainda gyros no prato, é o restaurante Thanasis. Ele fica bem na área central, perto de Monastiraki, possui um ambiente simples, tradicional, com cerveja gelada e comidinhas deliciosas.

20090711-kebab6

669ed80e83268de35e840997_original

food_memories_greece184

10- Theatro Empros

Um teatro bem antigo localizado no bairro de Psiri, que é uma área cultural e social não comercial. Um local histórico, marcado por parte da luta política, que defende a liberdade de expressão social, e auto-gestão e produção cultural fora das normas do mercado mainstream. Lá, são realizadas apresentações, shows e muitas festas com entrada “free”, dos mais variados estilos, com performances e muito mais. Vale a pena para se familiarizar com os atenienses e tomar uma cerveja. Mais informações aqui.

IMG_7226

lifo_ebros-2

11- Psiri

É um bairro central de Atenas, muito movimentado, cheio de bares, restaurantes, clubes, um bairro que não dorme. No verão, todo mundo fica na rua, seja nas cadeiras em áreas externas, em pé ou em rodas de amigos. É um local autenticamente grego, com boa comida e muitas opções de diversão. Você realmente sente a vida pulsante e todo o agito dos gregos, que são bastante animados e gostam de festar e de beber. Não se preocupe com horários, tudo funciona até tarde.

psiri02

12- Plaka

Um bairo gostoso para passear, rodeado de árvores, lotado de restaurantes e ruas estreitas. Um bairro charmoso com construções que datam do século 2º a.C. Durante a noite, tem uma vista incrível da Acrópole iluminada.

plaka1

13- Pôr do sol

Claro que não poderia faltar nessas dicas, um local para se apreciar o pôr do sol. O ponto mais alto da cidade é o Montes Lykavittos, com cerca de 277 metros de altura. De lá você tem uma vista surpreendente das colinas, da Acrópole, e o mar ao fundo. Para se chegar, pegue um funicular e depois prepare as pernocas para uma grande escadaria. Uma vez lá em cima, pausa para uma água, um café ou um drink, e até mesmo um corte de cabelo de graça. Sim, há um serviço de cabelereiro completamente gratuito e rápido.

sunset-over-athens

Καλό Ταξίδι!
(lê-se “kalô taksídi” e significa boa viagem em grego)

Se cadastre no nosso MAILING e fique por dentro de tudo o que está rolando aqui!

 

Comments

comments

Natt Naville

Natt Naville

Veja todos os posts

Natt Naville é jornalista e gosta de tudo que envolve o universo da comunicação. Entre palavras e histórias: Música. Música para tocar, para ouvir e dançar. Editora do Mistura Urbana, gosta de criar, recriar e se reinventar. Vive no paraíso azul da Grécia.

0 Comentários

Junte-se a conversa →

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *