Sesc discute o legado de Tomie Ohtake em encontro gratuito - MISTURA URBANA

Sesc discute o legado de Tomie Ohtake em encontro gratuito

Monumento Tomie Ohtake -  Christian Eric - Wikipedia

Tomie Ohtake, considerada a dama das artes no Brasil, nos deixou aos 101 anos. Mas sua obra, fruto de seis décadas de trabalho, seguirá imortalizada. O Centro de Pesquisa e Formação do Sesc em São Paulo recebe o crítico e curador de arte Agnaldo Farias para fazer um retrospecto da carreira dessa importante artista. O encontro O legado de Tomie Ohtake acontece na próxima quarta, dia 04 de março e tem entrada gratuita.

Tomie Ohtake começou sua carreira de artista relativamente tarde, já na casa dos 40 anos. A pintura foi o foco principal da trajetória da artista, embora também tenha trabalhado com maestria a gravura, os painéis, as cenografias e a escultura.

A obra de Tomie Ohtake está ao alcance de todos, espalhado por diversos pontos da cidade de São Paulo, como o painel de 55 metros de altura pintado em um edifício na Ladeira da Memória, o Monumento aos 80 anos da imigração japonesa, situado no jardim do canteiro central da Avenida 23 de Maio, e quatro painéis com pastilha vitrificada na Estação Consolação de Metrô, intitulados As Quatro Estações. No Sesc, Tomie Ohtake deixou sua marca nas paredes da piscina coberta da unidade Vila Mariana, com o painel Reflexo D’Água.

O legado de Tomie Ohtake faz parte de Em cima da hora, proposta que convida importantes nomes para debater assuntos do momento.

Serviço

O LEGADO DE TOMIE OHTAKE
Quando: 04/03 (quarta, 19h30 às 21h30)
Onde: Centro de Pesquisa e Formação do Sesc
Rua Dr. Plínio Barreto, 285, 4º andar (prédio da FecomércioSP)
Quanto: Grátis (mediante inscrição)
Inscrições: pelo site sescsp.org.br/centrodepesquisaeformacao ou nas unidades do Sesc em São Paulo
Informações: (11) 3254 – 5600

Instituto Tomie Ohtake, Ruy Ohtake

Se cadastre no nosso MAILING e fique por dentro de tudo o que está rolando aqui!

Comments

comments

Natt Naville

Natt Naville

Veja todos os posts

Natt Naville é jornalista e gosta de tudo que envolve o universo da comunicação. Entre palavras e histórias: Música. Música para tocar, para ouvir e dançar. Editora do Mistura Urbana, gosta de criar, recriar e se reinventar. Vive no paraíso azul da Grécia.

0 Comentários

Junte-se a conversa →

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *