Alex Senna e suas criações em preto e branco [entrevista] - MISTURA URBANA

Alex Senna e suas criações em preto e branco [entrevista]

10923500_1019944241365540_7713529170132280730_n

Alex Senna nasceu em Orlândia, no interior de São Paulo e sempre desenhou desde pequeno, assim como outras pessoas da família, mas foi ele, o único membro que decidiu levar os traços à sério. Com certeza você já se deparou com suas criações em preto e branco pelas ruas, onde os personagens muitas vezes se abraçam, se beijam e outras tantas relações acontecem.

Símbolos do imaginário infantil, como pássaros, corações, balões, Alex Senna desenvolveu seus traços que são reconhecidos e provocam reações diversas no cenário urbano. Inspirado pela vida real, seus personagens recebem influências dos quadrinhos e das ilustrações. Fã de Walt Disney, Mauricio de Souza e Ziraldo, as formas detalhadas de suas criações contrastam com os grandes centros urbanos, mas sempre buscando um equilíbrio e harmonia que dialogam com o dia a dia.

65070_2599491201801_218846977_n

Bati um papo com ele, confira:

1- Fale um pouco sobre você e de como entrou no mundo das artes.

Sempre desenhei desde pequeno, minha família tem várias pessas que desenham como meu irmão, tio, e minha mãe.
Eu fui o único que corri atrás pra que não fosse só um hobby.

2- Sua arte é essencialmente em preto e branco, baseada em ilustrações, quadrinhos e cenas afetivas. Seus personagens se beijam, se abraçam. Conte um pouco sobre suas inspirações, técnicas e personagens.

Eu me inspiro na vida real, uso de experiências pessoais pra criar situações, o que não quer dizer que tudo que eu desenho acontece comigo, e sim, que o que acontece comigo, me inspira e me dá idéias.

945740_757315474295086_24223958_n

1511581_854096541283645_8180313927883526910_o

3- Quais são as suas principais influências?

No grafitti, Twist, Herbert, Speto e Onesto. Nos quadrinhos sou fã do Will Eisner, Daniel Clowes, Walt Disney, Mauricio de Souza e Ziraldo.

4- Quais são os seus temos favoritos na hora de criar?

Relacionamentos, melancolia e fazer o nada.

1620585_957615950931703_6107247401598968023_n

1896837_1000369653322999_1393876473829240783_n

10009314_968393553187276_5853619375003047446_n

10346522_981249668568331_4585696457586214139_n

5- Com o uso de preto e branco você busca colocar os contrastes, seja da vida na cidade, das relações?

Sim, e não. O preto é algo que sempre usei, e me lembra quadrinhos de jornal, não tem muito um porquê.

6- Você divide o seu tempo entre a rua e o estúdio. Onde se sente melhor?

Os dois são essencias, um precisa do outro.

7- Qual é a essência do graffiti para você?

A essência do grafite é a ilegalidade, fazer sem pedir, dar a cara pra bater.

8- Os traços de suas criações são marcantes, cheios de detalhes e cheios de vida. Você consegue captar emoção. Que mensagem quer passar para aqueles que vêem suas obras?

Eu não quero passar nada, as pessoas entendem o que querem. Sou meio egoísta, faço pra mim, não penso se vão gostar ou não.

9- Algo que pude observar, porque amo o seu trabalho, é que o elemento do passarinho aparece bastante nos seus murais, por quê? O que ele representa?

O passarinho é a conciência, ele diz o que realmente acontece na cena, ele faz o papel do grilo falante do Pinóquio, uma conciência viva.

10494687_995143080512323_7642126741183109987_n

10527908_965443886815576_3092430289227694881_n

10- Você viaja pelo mundo, seja para pintar murais ou expor. Que lugar ainda gostaria de ir para deixar a sua marca?

Estou aberto a ir para qualquer lugar, seja interior de São Paulo, como América ou Europa, acho que quanto mais inóspito e distante, é mais interessante, pois o impacto é muito maior.

11- Deixe uma mensagem aos leitores do Mistura Urbana e às pessoas que curtem o seu trabalho.

Não sou muito bom com mensagens, mas deixo essa do Ferreira Gullar: “A arte existe porque a vida não basta”.

Mais do artista aqui, aqui e aqui.

 

Se cadastre no nosso MAILING e fique por dentro de tudo o que está rolando aqui!

 

———————–

ENGLISH VERSION

Alex Senna was born in Orlândia, in São Paulo and always drew since he was a kid, like other family members, but he was the only one that decided to take the traits seriously. If you live in São Paulo, you surely you have come across with his creations in black and white on the streets, where the characters often hug, kiss and many other relationships happen.
With symbols of childhood imagination, like birds, hearts, balloons, Alex Senna developed his features that are recognized and cause different reactions in the urban setting. Inspired by real life, its characters are influenced by comics and illustrations. A Walt Disney, Mauricio de Souza and Ziraldo fan, the detailed shapes of his creations contrast with the large urban centers, but always seek balance and harmony that dialogue with the day to day.

We had a chat with him. Check it!

1- Tell us a little about yourself and how you came to the art world.

I always drew since childhood, my family has several people that draw, like my brother, uncle, and my mother.

2- Your art is essentially in black and white, based on illustrations, comics and emotional scenes. Your characters kiss, embrace. Tell us about your inspirations, techniques and characters.

I get inspired by real life and use my personal experiences to create situations. I don’t mean that everything I create happens to me, but, what happens to me, inspires me and gives me ideas.

3- What are your main influences?

In grafitti, Twist, Herbert Baglione, Speto ande Onesto. In comics, I’m a fan of Will Eisner, Daniel Clowes, Walt Disney, Mauricio de Souza and Ziraldo.

4- What are your favorites themes when you’re creating?

Relationships, melancholy and the art of doing nothing.

5- With the use of black and white do you aim to show the contrasts, whether from the city life or relationships?

Yes, and no. Black is something that I always used, and reminds me of newspaper comics,it dowsn’t actually have a lot of reason.

6- You divide your time between the street and the studio. Where do you feel better?

Both are essential, one needs the other.

7- What is the essence of graffiti to you?

The essence of graffiti is illegal, do not ask, take risks.

8- The traces of your creations are striking, full of details and full of life. You can capture emotion. What message you want to send to those who see your works?

I do not want to send anything, people understand what they want. I’m kind of selfish, I do it for myself, I don’t think about if people will like it or not.

9- Something that I have always observed, because I love your work, is that the bird element appears quite a lot in your murals. Why? What does it represent?

The bird is the conscience, he says what really happens in the scene, he plays the pinochio cricket, a living conscience.

10- You travel the world, to paint murals and do exibitions. What place would still like to go to leave your mark?

I am open to go anywhere, either to São Paulo countryside, as well as America or Europe. I think the more inhospitable and remote the place is, the more interesting it gets, because the impact is much greater.

Comments

comments

Natt Naville

Natt Naville

Veja todos os posts

Natt Naville é jornalista e gosta de tudo que envolve o universo da comunicação. Entre palavras e histórias: Música. Música para tocar, para ouvir e dançar. Editora do Mistura Urbana, gosta de criar, recriar e se reinventar. Vive no paraíso azul da Grécia.

1 Comentários

Junte-se a conversa →

  1. […] Confira na sequência nossa entrevista com Alex Senna AQUI. […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *