Conheça a aldeia mais fria do mundo na Sibéria - MISTURA URBANA

Conheça a aldeia mais fria do mundo na Sibéria

amoschapple1

Confesso que só de ver as imagens a seguir já fiquei com frio, que dirá então o fotógrafo neozelandês Amos Chapple que embarcou em uma viagem de dois dias, até chegar na aldeia de Oymyakon; localizada no leste da Sibéria, com uma temperatura média de -50 ° C.

A aldeia mais fria do mundo, foi documentada pelas lentes do fotógrafo, para mostrar como é viver em uma área tão congelada. As imagens revelam coisas surpreendentes sobre a vida na região. Os moradores dependem de uma dieta principalmente de carne, porque frutas, legumes e produtos frescos não sobrevivem as temperaturas brutais. O solo congelado torna difícil manter a água encanada, por isso a maioria dos banheiros são alpendres, para proteger do frio. Carros devem ser mantidos em execução enquanto do lado de fora ou ser armazenados em garagens aquecidas. Muito poucas pessoas permanecem fora de casa, ao invés disso, o que você vê é uma paisagem ao ar livre mais solitária.

Embora as temperaturas, felizmente, não cheguem mais até a baixa de -67,7 ° C (-90 ° F) que foi gravada em fevereiro 1933, onde foi recorde, Chapple recorda como o frio amargo varreu seu corpo enquanto ele ficou em Oymyakon. “Eu estava usando calças de tecido fino quando eu pisei pela primeira vez fora em -47 ° C (-52 ° F)”, ele disse para o site Weather.com. “Lembro-me sentir como o frio estava segurando fisicamente minhas pernas, a outra surpresa foi que, ocasionalmente, minha saliva iria congelar em agulhas que iria picar meus lábios.” De acordo com o fotógrafo, era tão frio que, por vezes, a sua lente iria congelar, tornando a focagem da lente tão desafiador quanto à abertura de um frasco de picles.

Brrrrrrrrr… Não sei se encaro não!

Mais do trabalho dele aqui.

via

 

Se cadastre no nosso MAILING e fique por dentro de tudo o que está rolando aqui!

 

Comments

comments

Natt Naville

Natt Naville

Veja todos os posts

Natt Naville é jornalista e gosta de tudo que envolve o universo da comunicação. Entre palavras e histórias: Música. Música para tocar, para ouvir e dançar. Editora do Mistura Urbana, gosta de criar, recriar e se reinventar. Vive no paraíso azul da Grécia.

0 Comentários

Junte-se a conversa →

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *