Projeto Viva Pinheiros quer ocupar as margens do rio com arte, design e muito mais - MISTURA URBANA

Projeto Viva Pinheiros quer ocupar as margens do rio com arte, design e muito mais

vivorio1_141261052320460370000

Que tal começar um movimento de ocupação das margens do rio? Essa é a ideia do projeto Viva Rio Pinheiros, a de resgatar o rio e transformá-lo de novo em um lugar para pessoas. Através de intervenções na ciclovia que começam com artes visuais e arte de rua, a ação vai pouco a pouco modificando a paisagem, o processo que começou com a própria ciclovia.

Este é só o começo de um processo de ocupação contínua das margens do Rio Pinheiros. A ciclovia inaugurada em 2010, abriu uma nova perspectiva e possibilidade de interação. A ideia é ocupar mais este espaço, por meio de arte, design, informação e educação!

O Projeto idealizado por Carol Ferrés, surgiu durante seus passeios que fazia de bike pela ciclovia, entre março e maio deste ano. Ela conta, que apesar da situação agonizante do rio, tinha muita vida lá, e pensava nas possibilidades de fazer com que mais gente conhecesse o lugar de perto e pudesse ver que ele ainda está vivo.

Para isso, existem diferentes etapas de envolvimento nos processos de transformação e ocupação das cidades. Antes de mais nada, é preciso enxergar os espaços com um novo olhar. O primeiro passo já foi dado! A construção da ciclovia da Marginal Pinheiros aproximou as pessoas do rio: segundo dados da CPTM, a cada mês, aproximadamente 40.000 pessoas frequentam a ciclovia da marginal Pinheiros.

E para o projeto ganhar ainda mais força e mais vida, conheça o video da campanha de financiamento coletivo para a relização do projeto.

Play!!

As fotos abaixo mostram o Rio Pinheiros da década de 30. Quando ele era limpo e agradável.

GaleriaBanner10(1)_141331322121433470000

Para ele voltar a fazer ainda mais parte da nossa vida, o projeto consiste no mapeamento de 8 pontos de intervenções na ciclovia da Marginal Pinheiros – desde a ponte do Jaguaré até a Vila Olímpia, com intervenções gráficas, trazendo arte e conteúdo, começando por uma grande linha do tempo, transformando a ciclovia numa galeria a céu aberto.

A campanha de financiamento coletivo pelo PARTIO tem uma meta total de R$ 14.900, e está dividida em 2 fases, que correspondem às primeira intervenção e segunda intervenção desse projeto.

PRIMEIRA INTERVENÇÃO ESTAÇÃO PINHEIROS DA CPTM

BannerMuro_141347482321015670000

SEGUNDA INTERVENÇÃO VIADUTO CIDADE UNIVERSITÁRIA

BannerPilares_141347487028131170000

Dia 23/11 será possível conhecer a primeira etapa da galeria: passeio de bike junto com a galera do Aromeiazero e piquenique no Parque do Povo.

BikeAlmoco_141331533620520570000

Saiba mais e ajude aqui.

 

———-

 

Se cadastre no nosso MAILING e fique por dentro de tudo o que está rolando aqui!

Comments

comments

Natt Naville

Natt Naville

Veja todos os posts

Natt Naville é jornalista e gosta de tudo que envolve o universo da comunicação. Entre palavras e histórias: Música. Música para tocar, para ouvir e dançar. Editora do Mistura Urbana, gosta de criar, recriar e se reinventar. Vive no paraíso azul da Grécia.

0 Comentários

Junte-se a conversa →

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *