Projeto quer transformar Av. Paulista em calçadão aos domingos

Projeto quer transformar Av. Paulista em calçadão aos domingos

foto retirada do site Guia da Semana
foto retirada do site Guia da Semana

São Paulo, a maior cidade do Brasil, ainda tem cultura e espaços que não promovem o encontro entre as pessoas e a grande troca de diversidade que as grandes cidades devem proporcionar. A falta de bancos nas ruas, de sombras e árvores em novas praças, de parques na região central, são alguns dos exemplos disso. A consequência é uma população que se sente desconectada e insegura, porém, podemos mudar essa realidade!

Já aconteceu com o Minhocão em Sampa e agora está rolando um movimento em direção à Avenida Paulista. A ideia de transformar a avenida mais famosa de São Paulo em um calçadão aos domingos começou em 2013, no dia mundial sem carro de 2013, quando pessoal do SampaPé, se juntou com a Matilha Cultural, +Voz, Tsunami e Virada da Mobilidade, para criar o evento que provocasse um novo imaginário da cidade, o Se a Paulista Fosse Minha, com a proposta de resignificar a Paulista promover o uso da rua pelas pessoas.

Por que não compartilhar a Av. Paulista aos domingos entre as pessoas e suas diversas práticas e atividades como corrida, skate, patins, bike, dança, pic nic, entre outras?

Então segue aqui a proposta oficial: Restringir o fluxo de carros em um sentido da Av. Paulista aos domingos, entre 7 às 16 horas, para uso das pessoas. O fechamento pode ser entre a R. Padre João Manoel e a R. Casa Branca no Parque Trianon no sentido Paraíso, unindo os 2 parques da Paulista. De forma a não prejudicar o acesso aos hospitais da região.

Se você for no site oficial da campanha, pode descobrir como colaborar e conferir todas as organizações que já estão apoiando! Veja AQUI.

 

Se cadastre no nosso MAILING e fique por dentro de tudo o que está rolando aqui!

Comments

comments

Lila Varo

Lila Varo

Veja todos os posts

Lila Varo, é produtora de conteúdo, editora do Mistura Urbana e mais um continente a sua escolha. lila[@]misturaurbana.com

0 Comentários

Junte-se a conversa →

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *