Projeto Giganto no Festival Hercule Florence em Campinas - MISTURA URBANA

Projeto Giganto no Festival Hercule Florence em Campinas

IMG_6263

Giganto é o projeto de instalação com fotografias hiperdimensionadas, que pela primeira vez chega em Campinas, com a fotógrafa Raquel Brust para o Festival Hercule Florence. A ideia é colar 160 lambes (média 90×135 cm ) formando uma imagem de 20mx6m , na laje do Centro de Convivência, esse é o resultado do workshop desenvolvido pro Brust e traz a filosofia “work in progress”.

Cada Giganto é único, pois o local onde será instalado inspira o tema e conduz a pesquisa para a fotografia. Diluindo barreiras entre arte, antropologia visual e intervenção urbana, o projeto propõe um diálogo entre o espaço e as pessoas. A paisagem é alterada e a arte é inserida no cotidiano da cidade. Há uma ruptura na rotina e instantes de poesia são inseridos na vida das pessoas que caminham míopes pelas ruas. Enquanto todos fazem parte de uma massa única e sem rosto, um Giganto é inserido como um alerta de que há complexidade em cada unidade, que há uma família em cada janela, de que cada um é único e merece atenção. Essa fotografia olha para o espectador, e o faz questionar sobre o entorno e sobre o próximo.

O projeto surgiu da vontade de criar uma relação mais direta entre público e obra de arte. Da necessidade de buscar novos suportes para a fotografia, assim como criar um diálogo entre o espaço e a imagem. Giganto é também todo o processo criativo que envolve um site specific. Se insere perfeitamente no termo “fotografia expandida” pois busca tocar outras áreas e fazer de sua construção, capatação e da relação do público com a instalação parte da obra em si.

O maior Festival do gênero no interior do estado de São Paulo, e um dos mais representativos do país, conta com o apoio da Secretaria Municipal de Cultura e da Secretaria Municipal de Turismo, além de parcerias estratégicas com a Canon (Equipamentos e Máquinas Fotográficas), Canson (Papel Fotográfico) e a ARFOC – Associação de Repórteres Fotográficos e Cinematográficos no Estado de São Paulo.

O trabalho consiste em utilizar a arquitetura da cidade como suporte para uma exposição fotográfica que reage à paisagem e interage com o público. A proposta do projeto é fazer uma fotografia ativa, onde obra e espectador possam interagir.

Mais do festival aqui.

Comments

comments

Natt Naville

Natt Naville

Veja todos os posts

Natt Naville é jornalista e gosta de tudo que envolve o universo da comunicação. Entre palavras e histórias: Música. Música para tocar, para ouvir e dançar. Editora do Mistura Urbana, gosta de criar, recriar e se reinventar. Vive no paraíso azul da Grécia.

0 Comentários

Junte-se a conversa →

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *