Em cada primavera este parque na Áustria desaparece sob a água - MISTURA URBANA

Em cada primavera este parque na Áustria desaparece sob a água

86bc2bd4-caf4-4139-9d1b-9e3d28c7773f_main

Na Áustria existe um parque, localizado junto às águas cor de esmeralda do Grüner See (Lago Verde), que é atração turística durante o ano todo. Também pudera, para dar um rolê nesse parque você precisa antes de mais nada saber nadar, ter nadadeiras e uma máscara de mergulho.

Todos os anos, o parque que está no sopé das montanhas austríacas Hochschwab, se transforma em uma enorme piscina com todos os seus caminhos e bancos submersos sob as águas. “Não tenha medo”, diz o fotógrafo Marc Henauer, não é um cataclismo. O que acontece é um fenômeno natural incomum, que é causado pela neve derretida que aumenta o nível do lago na primavera.

O nível médio do lago é de apenas 1-2 metros de uma área de 2000 metros. Mas em maio sobe rapidamente e atinge a profundidade de 10-12 também cobrindo uma área de 4000 metros. O fenômeno incrível dura apenas de 3 a 4 semanas.

De acordo com o fotógrafo Marc Henauer, a sensação de estar em um parque subaquático é mágico e a visibilidade é incrível, algo que só os mares tropicais têm. “Sob a água, sentimos um mundo mágico. O sol cria raios de luz fantásticos através da água. Então você acha que é um sonho diz Henauer.

Além disso, acaba se tornando um cenário perfeito para uma sessão de fotos submarinas. As incríveis fotos de Henauer do Lago Verde, na Áustria ganharam o prêmio de terceiro lugar no Concurso Nacional de Viagens Geographic 2014.

Para saber mais aqui e aqui.

Green Lake – Tragoss from Peter Nemeth on Vimeo.

via

Comments

comments

Natt Naville

Natt Naville

Veja todos os posts

Natt Naville é jornalista e gosta de tudo que envolve o universo da comunicação. Entre palavras e histórias: Música. Música para tocar, para ouvir e dançar. Editora do Mistura Urbana, gosta de criar, recriar e se reinventar. Vive no paraíso azul da Grécia.

1 Comentários

Junte-se a conversa →

  1. […] publicado no Mistura Urbana […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *