Conheça os Parklets - que transformam espaços em lugares melhores para se viver e conviver - MISTURA URBANA

Conheça os Parklets – que transformam espaços em lugares melhores para se viver e conviver

Parklet_2etapa16

Grandes cidades, espaços apertados, correria, confusão e pouca área de convivência certo? Sim, mas que bom que em alguns lugares pelo mundo, como São Paulo, o uso do espaço público está sendo melhorado com a criação de extensões temporárias de calçada, que se transformam em lugares para se viver e conviver no dia a dia.

Os “Parklets”, permitem à comunidade construir seu próprio espaço de convívio, de forma coletiva, organizada e democrática, dessa maneira, a paisagem urbana melhora e possibilita influenciar a qualidade de vida das pessoas, através da melhoria da infraestrutura. Você pode sentar, descansar, conversar com amigos, com desconhecidos, estacionar a bicicleta, promovendo aos cidadãos maior interação social.

A iniciativa da Prefeitura de São Paulo com a regulamentação da implantação dos parklets busca humanizar e democratizar o uso da rua, tornando-a mais atrativa e convidativa, provocando uma reflexão sobre a cidade para as pessoas.

Trata-se de uma ampliação temporária do passeio público, realizada por meio da implantação de plataforma sobre a área antes ocupada por automóveis na via pública, equipada com bancos, floreiras, mesas e cadeiras, guarda-sóis, aparelhos de exercícios físicos, paraciclos ou outros elementos de mobiliário, com função de recreação ou de manifestações artísticas.

No Brasil o conceito de parklet surgiu em São Paulo, em 2012. A primeira implantação aconteceu no ano seguinte, liderada por um grupo composto por arquitetos, designers e ONGs. A boa avaliação da população permitiu à Prefeitura de São Paulo transformar a idéia original em política pública de ocupação dos espaços públicos da cidade, revertendo áreas originalmente destinadas aos automóveis para as pessoas.

Ótima iniciativa!

Comments

comments

Natt Naville

Natt Naville

Veja todos os posts

Natt Naville é jornalista e gosta de tudo que envolve o universo da comunicação. Entre palavras e histórias: Música. Música para tocar, para ouvir e dançar. Editora do Mistura Urbana, gosta de criar, recriar e se reinventar. Vive no paraíso azul da Grécia.

0 Comentários

Junte-se a conversa →

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *