CCBB Rio traz a mostra de filmes Fritz Lang – O Horror está no Horizonte - MISTURA URBANA

CCBB Rio traz a mostra de filmes Fritz Lang – O Horror está no Horizonte

Foto por Guia da Semana
Foto por Guia da Semana

Depois do sucesso em São Paulo e Brasília, chegou a vez do Rio de Janeiro receber a mostra de filmes “Fritz Lang- o Horror está no Horizonte, a partir do dia 13 de agosto. Com 41 filmes em película do diretor austríaco, a mostra traz produções de 1919 a 1960, entre elas: suas obras mais conhecidas Metrópolis, M – O Vampiro de Düsseldorf, O Testamento do Dr. Mabuse, além de filmes mais raros, como House by the River (1950), A Gardênia Azul (1953) e O Tesouro do Barba Ruiva (1956).

A mostra de cineasta expõe todas as suas fases e traz filmes que falam sobre linchamentos. Com uma vasta filmografia que contempla diversos gêneros cinematográficos, o cineasta Fritz Lang terá sua obra revisitada em uma mostra especial no Centro Cultural Banco do Brasil em agosto e setembro.

Lang foi um dos maiores nomes do expressionismo alemão, movimento nascido após o término da Primeira Guerra Mundial e que tinha como temáticas principais a busca pela representação do interior humano, suas angústias, sonhos e fantasias. Cenários e personagens eram distorcidos na telona, por meio de maquiagem e recursos de fotografia, por exemplo. Fritz Lang se destacou por seus filmes de forte conotação psicológica, que tratavam de hipnotismo, duplicação, fantasmagoria, telepatia e crime. Um dos personagens mais famosos concebidos por Lang ainda nos anos 20, o Dr. Mabuse, manipulava suas vítimas através de seus poderes hipnóticos e telepáticos.

A “Retrospectiva Fritz Lang – O Horror está no horizonte” será uma oportunidade para os cinéfilos de ter a percepção sobre a carreira do cineasta como um todo, acompanhar as mudanças pelas quais Lang passou em diferentes épocas e países.

Já na década de 20 Lang tornou-se conhecido na Alemanha com os filmes silenciosos A Morte Cansada (1921), Os Nibelungos (1924) e, principalmente, Metrópolis (1927). Entretanto, nos anos 30, com a ascensão do nazismo, O Testamento de Dr. Mabuse é censurado e Lang se exila na França, onde realiza Coração Vadio (1934), que possui traços do “realismo poético francês”. Mais tarde, Fritz Lang chegou à Hollywood, onde permaneceu por 20 anos e produziu filmes de diferentes gêneros, como o noir, faroeste, romance, drama. Lang muitas vezes chegou a ser comparado com Alfred Hitchcock. Mas foi na Alemanha que o diretor filmou seu último filme e voltou às origens com Os Mil Olhos de Dr. Mabuse (1960), retornando com seu famoso vilão. Somente um filme da retrospectiva não é dirigido por Fritz Lang: O Desprezo (1963). Este filme da década de 60 tem a direção de Jean-Luc Godard, um dos principais nomes da Nouvelle vague francesa, e Lang faz parte do elenco.

Serviço:

Mostra “Retrospectiva Fritz Lang – O Horror está no horizonte”
Data: de 13 de agosto a 22 de setembro de 2014 (quarta a segunda-feira)
Horários: Confira a programação
Local: Centro Cultural do Banco do Brasil (CCBB-Rio)
Endereço: Rua Primeiro de Março, 66 – Centro Telefone: (21) 3808-2020
Ingresso: R$ 4,00 (inteira) / Bilheteria: Quarta a segunda-feira, de 9h às 21h.
Lotação: 98 lugares Classificação: Consultar programação

fritzlang_convite_rj

Comments

comments

Natt Naville

Natt Naville

Veja todos os posts

Natt Naville é jornalista e gosta de tudo que envolve o universo da comunicação. Entre palavras e histórias: Música. Música para tocar, para ouvir e dançar. Editora do Mistura Urbana, gosta de criar, recriar e se reinventar. Vive no paraíso azul da Grécia.

0 Comentários

Junte-se a conversa →

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *