5 cidades pra você conhecer e se afundar na street art local - MISTURA URBANA

5 cidades pra você conhecer e se afundar na street art local

035

Até alguns anos atrás, os graffitis eram considerados como simples arranhões, expressões políticas e até mesmo vandalismo. No entanto, o surgimento do graffiti e murais mais profissionais e de boa qualidade têm ajudado a mudar essa percepção e transformaram-se em símbolos de arte pública na cidade.

Tanto é assim que tem gente —como eu!— que viaja pelas diferentes cidades só para ficar andando pelas ruas e tirando fotos desta arte contemporânea.

Então, hoje pensei quais seriam as 5 melhores cidades do mundo para desfrutar da street art, tirar fotos e ficar maluco olhando as vibrantes cores dos graffitis, desses que quando passamos pela rua, de carro ou de bus, influenciam o nosso espaço mais pessoal e o animam nosso dia.

Por isso aqui deixo o meu veredito final:

São Francisco
São Francisco

1. SAO FRANCISCO
Como nós já falamos em um outro post (VEJA AQUI), um dos rolês pra se fazer nesta cidade são os murais Mission District, no centro. Neste bairro, becos e becos cheios de murais vibrantes por toda parte capturam a realidade dos trabalhadores e minorias exploradas desde a década dos 70, inspirados nas tradicionais pinturas dos muralistas Diego Rivera e David Siqueiros.

Berlin
Berlin

2. BERLIN
Esta cidade alemã tem todas as contradições típicas das cidades europeias: por um lado, as ruas de Berlin têm muita história para contar, e por outro é uma cidade muito conectada com o novo. Berlin tem arte para oferecer pra todos os gostos, desde uma antiga fábrica de gelo abandonada que tornou-se uma galeria de arte, passando por o Haus Schwarzenberg até os grafites próximos à Ponte Oberbaum, que são um símbolo da reunificação da cidade após a queda do muro de Berlim, em 1989. Veja AQUI nosso guia pra cidade.

Sampa
Sampa

3. SÃO PAULO
A cidade brasileira atrae visitantes à procura de essas intervenções urbanas todos os dias. Você pode passar pelo famoso Beco do Batman, aquela galeria a céu aberto na Rua Gonçalo Afonso, olhar os traços mais legais no centro boêmio da cidade na Rua Augusta e até ainda ver algum dos cinquenta buracos que os grafiteiro grafitaram em 2013 como parte da iniciativa #buraqueira para chamar a atenção para a situação do asfalto paulista.
No caso desta cidade, o graffiti não só aponta ao prazer estético, mas também ao compromisso social. O grafiteiro Arhur Moriyama, por exemplo alugou —com apoio oficial— uma plataforma aérea para trabalhar o dia inteiro em 15 obras de 15 metros de altura, que podem ser vistas de longe no conjunto habitacional do Parque do Gato, no Bom Retiro, com a desculpa de “é uma região carente, não tem acesso à cultura”.

streetartnews_cyrcle_losangeles-22
Los Angeles

4. LOS ANGELES
O melhor lugar para ver murais de alta qualidade é o Distrito LA Arts. Ele tem uma concentração incrível de paredes e peças de alguns dos artistas de rua mais famosas do mundo, inclusive a réplica do Monte Rushmore que Eduardo Kobra fez, com os quatro presidentes dos Estados Unidos —George Washington, Thomas Jefferson, Theodore Roosevelt e Abraham Lincoln—  na La Brea Avenue; como assim também o mural que desenvolveu o coletivo de arte Cyrcle.

Buenos Aires
Buenos Aires

5. BUENOS AIRES
Andar por Buenos Aires pode ser uma experiência muito enriquecedora para quem tem olhos para a arte. Não só pelas incontáveis galerias de arte e museus, mas porque você pode desfrutar de murais artísticos e políticos, que ajudam a compreender a história e atualidade do país.
É fácil. Só sair a pé ou de bicicleta pelas ruas do bairro de Colegiales e Palermo ou pelos espaços culturais, como a galeria Hollywood in Cambodia, você poderá dar uma olhada as intervenções urbanas de artistas como Pum Pum , DOMA , Jaz , Nerf e SAM em praças como  Plazoleta Matienzo y Conesa , Plaza Zinny (ruas Gascón & Gorriti) ou no mural de Alfredo Segatori  nas ruas Libertador y Bullrich. Veja aqui nosso guia pra cidade!

Explore as ruas destas 5 cidades, se atente aos detalhes e se surpreenda com o encontro de uma inesperada obra ao virar a próxima esquina!

Comments

comments

0 Comentários

Junte-se a conversa →

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *