15 curiosidades sobre a artista mexicana Frida Kahlo que vão te deixar ainda mais apaixonado por ela - MISTURA URBANA

15 curiosidades sobre a artista mexicana Frida Kahlo que vão te deixar ainda mais apaixonado por ela

Foto por: www.fridakahlo.org
Foto por: www.fridakahlo.org

Não é segredo por aqui, que nós do Mistura Urbana somos apaixonados e admiramos muito a artista e pintora mexicana Frida Kahlo. Frida teve uma trajetória de sucesso e de sofrimento em sua vida, e é por tanta determinação e força, que a respeitamos e nos encantamos cada vez mais.

O amor é tanto, que resolvi fazer uma lista com algumas curiosidades sobre a artista, que usava cores vibrantes tanto nas suas obras, como nos vestidos que refletiam sua personalidade, nas flores e nos penteados. Frida era intensa em todos os sentidos, ela é ícone do mundo das artes e do universo feminino.

El arte mas poderoso de la vida, es hacer del dolor un talisman que cura, una mariposa renace florecida en fiesta de colores!” – Frida Kahlo

10500346_10152307124492426_3158552722230747700_n

Vamos lá!!

1- Magdalena Carmen Frieda Kahlo y Calderón nasceu em Coyoacán em 1907, na casa de seus pais, lugar conhecido como La Casa Azul (A Casa Azul), em Coyoacán- que hoje abriga o Museu Frida Kahlo. Na época, uma pequena cidade nos arredores da Cidade do México e hoje um distrito. Ela media 1.60 metros de altura e tinha uma perna mais fina que a outra devido à poliomielite que teve aos seis anos de idade. Por esse motivo, ganhou o apelido de “pata de palo” (perna de pau).

casa-azul

Foto: museofridakahlo
Foto: museofridakahlo
Foto por: museofridakahlo
Foto por: museofridakahlo

2- Dizem que Frida gostava de beber cerveja. Existe até uma fotografia, de 1942, que mostra a artista ao lado de uma Bohemia, marca que recentemente usou a imagem da artista, para um edição especial de suas garrafas.

WEIZEN_02_REnder_final-fahrenehit

3- Quando tinha 18 anos, sofreu um terrível acidente em um ônibus que afetou a sua saúde pelo resto de seus dias. Esse fato, marcou sua vida e também a sua obra, pois apareciam em suas criações, através da dor e do sofrimento provocados pela sua precária saúde. Assim, como a sua relação maluca e tumultuada com o pintor Diego Rivera.

Frida pintando um retrato de seu pai. Foto: museofridakahlo
Frida pintando um retrato de seu pai.
Foto: museofridakahlo

4- O nome do disco “Viva la vida” da banda Coldplay, foi inspirado em um dos quadros de Frida, na pintura aparecem algumas melancias, e em uma delas se lê “Viva la vida”. O vocalista do grupo britânico, comentou que lhe chamou a atenção, porque foi feita por alguém que não teve uma vida fácil, mas que pintou um quadro elogiando a vida.

51mxLk+OWUL

Foto por: thethird-eye.co.uk
Foto por: thethird-eye.co.uk

5- A letra da música “Scar Tissue”, da banda de rock Red Hot Chilli Peppers escrita por Anthony Kiedis foi dedicada à Frida Kahlo. A letra fala das cicatrizes da vida.

6- Em um de seus diários, a pintora explica alguns significados e referências das cores em suas obras. Entre elas estão: o verde: luz quente e boa; marrom: folha que vem da terra, cor da toupeira; amarelo: loucura, medo e doença, mas também representa o sol e a alegria; azul cobalto: eletricidade, amor e pureza; preto: nada é preto; folhas verdes: tristeza, ciência; amarelo verde: loucura e mistério, os fantasmas usam trajes dessa cor; verde escuro: cor de bons negócios e más notícias; azul marinho: distância, mas também a ternura.

549035_10150977642502426_1732700737_n

7- O vestido do casamento

Um vestido branco rendado esperava por Frida no dia de seu casamento com Diego Rivera, em 1929, mas ela decidiu usar um traje popular emprestado pela empregada de seus pais. A partir daí, ela adotou esse tipo de vestuário.

Diego Rivera em seu estúdio em 1940 Foto: divulgação
Diego Rivera em seu estúdio em 1940
Foto: divulgação

frida-khalo01

8- O estilo

Para Frida as roupas eram uma linguagem, ela escolhia cada peça de forma planejada, e acrescentava seu toque pessoal a elas. Suas roupas vinham de diferentes épocas e partes do mundo, como Europa, Ásia e Guatemala. Porém, seu estilo preferido e mais representado em suas obras foi o típico mexicano, mais especificamente de Tehuantepec. As mulheres desta região, as zapotecas, viviam em uma sociedade matriarcal e participaram ativamente da Revolução Mexicana, o que evidenciava a postura política de Frida, a favor da independência feminina e nacional. Geralmente, ela usava um conjunto tehuano com saia longa e estampada, uma túnica, chamada de huipil, e rebozo, uma espécie de xale longo. Esse tipo de roupa também permitia que ela disfarçasse a perna, consequência da pólio, e o corpo fragilizado pelo acidente de bonde e cirurgias.

Foto por: museofridakahlo
Foto por: museofridakahlo

o-FRIDA-KAHLO-900

9- O cabelo

Além das roupas, Frida chamava atenção pelos penteados exóticos. Alguns deles eram tradicionais tehuanos e outros foram criados por ela mesma. Frida gostava de usar os cabelos presos com tranças, fitas coloridas, e com flores naturais, como rosas, margaridas, crisântemos e brincos de princesa, entre outras. Sua paixão pelas flores era tanta que uma vez disse: “Pinto as flores, assim elas não morrem.

Foto: museofridakahlo
Foto: museofridakahlo

Frida-Kahlo

10- As coleções

Frida era uma grande colecionadora. Entre seus objetos preferidos estavam ex-votos, que são presentes dado pelos fiéis ao seu santo de devoção, peças de arte popular, fotografias e, claro, vestidos, foram encontrados mais de 300 deles na casa onde viveu.

Foto: museofridakahlo
Foto: museofridakahlo
Foto: museofridakahlo
Foto: museofridakahlo

11- Frida na moda

Décadas após a sua morte, Frida Kahlo se tornou um ícone de moda e influenciou a criação de diversos estilistas e designers no mundo inteiro. Dolce e Gabana, Moschino, Christian Lacroix, Jean Paul Gaultier, McQueen e Riccardo Tisci foram algumas das grifes que se deixaram seduzir pela mexicana.

Foto por: www.sepha.com.br
Foto por: www.sepha.com.br
Desfiles de Moschino, Christian Lacroix e Jean Paul Gaultier
Desfiles de Moschino, Christian Lacroix e Jean Paul Gaultier

12- Foi capa da revista Vogue

Em 2012, A Vogue México deixou de lado as modelos para sua capa de novembro e estampou a publicação com ninguém menos que a pintora Frida Kahlo. Quase 60 anos após a morte da artista mexicana, com imagem feita pelo fotógrafo Nickolas Muray, Frida estampa pela primeira vez a capa de uma revista de moda.

frida_es_una_y_muchas_2756_643x447

10500567_10152278853302426_8809242571015698873_n13- Era para ter se formado médica

Frida tinha um destino traçado: antes de começar sua carreira nas artes, ela cursava faculdade de medicina no México. Mas sua relação com as artes vinha desde pequena, quando, seu pai, Guillermo Kahlo, fazia pinturas autorais para passar o tempo.

Foto por: museofridakahlo
Foto por: museofridakahlo

14- Era uma mulher muito inteligente. Era poliglota, falava espanhol, inglês, francês e um pouco de alemão e russo.

Foto por: museofridakahlo
Foto por: museofridakahlo

15- Morreu aos 47 anos

Na madrugada do dia 13 de julho de 1954, Magdalena Carmen Frida Kahlo y Calderon foi encontrada morta dentro de casa. Ela tinha 47 anos. As últimas palavras foram encontradas em seu diário: “Espero alegre a minha partida – e espero não retornar nunca mais”. O caderno com diversas anotações secretas da artista virou livro.

08g

E se você é de Curitiba não perca a oportunidade de visitar a exposição de fotografias da artista que está rolando, saiba mais aqui. Para conferir todos os posts que fizemos dela até hoje aqui. E Para saber mais sobre ela, visite a página oficial do Museu Frida Kahlo no México que é bem interessante, aqui.

Foto: Museu Frida Kahlo
Foto: Museu Frida Kahlo

Comments

comments

Natt Naville

Natt Naville

Veja todos os posts

Natt Naville é jornalista e gosta de tudo que envolve o universo da comunicação. Entre palavras e histórias: Música. Música para tocar, para ouvir e dançar. Editora do Mistura Urbana, gosta de criar, recriar e se reinventar. Vive no paraíso azul da Grécia.

1 Comentários

Junte-se a conversa →

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *