Warning: mysql_query(): Access denied for user ''@'localhost' (using password: NO) in /home/misturaurbana/public_html/wp-content/plugins/simple-newsletter-signup/simple-newsletter-signup.php on line 75

Warning: mysql_query(): A link to the server could not be established in /home/misturaurbana/public_html/wp-content/plugins/simple-newsletter-signup/simple-newsletter-signup.php on line 75

Warning: mysql_fetch_row() expects parameter 1 to be resource, boolean given in /home/misturaurbana/public_html/wp-content/plugins/simple-newsletter-signup/simple-newsletter-signup.php on line 76
Conheça o "Strandbeests" :: esculturas que ganham vida na praia - MISTURA URBANA

Conheça o “Strandbeests” :: esculturas que ganham vida na praia

Strandbeest-1

Imagina estar à beira mar e se deparar com esculturas gigantes caminhando na areia? Se você frequenta o litoral holandês pode ser que isso aconteça. O artista e escultor cinético Theo Jansen constrói grandes obras de arte que se movem a partir da energia do vento. Suas crias, os esqueletos chamados “Strandbeests” são projetados para ficar na praia e viver da brisa do mar.

As obras são criadas a partir de tubos de plásticos comuns, sem qualquer aparelho eletrônico, suas estruturas são compostas com mecanismos que podem detectar água, evitar obstáculos. Alterando o comprimento do tubo, ele conseguiu criar diversos animais que se movem de uma maneira incrível.

strandbeest05

Jansen também utiliza garrafas pet, bombas e válvulas e através do uso inteligente da pressão do ar, ele conseguiu que suas crias ficassem com músculos, nervos e até mesmo com um cérebro analógico capaz de reagir ao seu ambiente.

Incrível e muito sensível!! Amei

Compilation from Strandbeest on Vimeo.

8_thisispaper

strandbeest09

strandbeest9

Saiba mais aqui.

Comments

comments

Natt Naville

Natt Naville

Veja todos os posts

Natt Naville é jornalista e gosta de tudo que envolve o universo da comunicação. Entre palavras e histórias: Música. Música para tocar, para ouvir e dançar. Editora do Mistura Urbana, gosta de criar, recriar e se reinventar. Vive no paraíso azul da Grécia.

0 Comentários

Junte-se a conversa →

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *