Vik Muniz e Marcelo Coelho criam desenhos microscópicos de castelos em grãos de areia - MISTURA URBANA

Vik Muniz e Marcelo Coelho criam desenhos microscópicos de castelos em grãos de areia

Worlds-Smallest-Sandcastles-on-Grains-of-Sand-2-600x489

 

Vik Muniz e  o artista pesquisador Marcelo Coelho do MIT (Massachusetts Institute of Technology),  criaram desenhos microscópicos de castelos em grãos individuais de areia como parte do “The Creators Project”, o processo para a realização desta obra demorou quatro anos.

Questionado sobre esta obra o artista disse “Quando alguém diz para você que aquilo é um grão de areia, sua realidade desmorona momentaneamente” , afirmou Marcelo Coelho em entrevista ao site Creator’s Project

Para esta obra Vik fez seus esboços com o uso de tecnologias novas e antigas, para começar utilizou um método do século XVIII, a Câmera Lúcida,  ela executa uma sobreposição óptica do objeto sobre uma superfície. A seguir, o desafio foi para Marcelo que gravou os desenhos nos grãos de areia , ele fez uso do Focused Ion Beam ( FIB ) que é um dispositivo utilizado para a fixação de circuitos integrados em microchips, conseguiu assim desenhar o nanocastelo.

Muniz em sua entrevista ao Creator’s  fez uma reflexão sobre a escolha de desenhar na areia,  lembrou do clichê de que “somos apenas um grão de areia no universo”, e usou a metáfora para dizer “em apenas um grão de areia cabe um castelo.”

No vídeo você pode conferir a entrevista e o processo realizado por estes dois artistas #play

 

 

Comments

comments

0 Comentários

Junte-se a conversa →

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *