Mostra individual de Masao Yamamoto chega à São Paulo - MISTURA URBANA

Mostra individual de Masao Yamamoto chega à São Paulo

masao_yamamoto_nakazora_1141

Em sua segunda individual na América Latina, o artista japonês Masao Yamamoto, considerado um dos maiores fotógrafos do Japão, exibe no próximo dia 05 de abril, das 15h às 19h, trabalhos produzidos desde os anos 90 intitulados A Box of Ku, Nakazora e KAWA=Flow.

A exposição individual apresenta uma série com livros, fotografias e instalação, que sinaliza a potência de uma poética da delicadeza na obra do artista, que possui trabalhos em coleções públicas e privadas nos EUA, no Museu Victoria&Albert, de Londres e na Maison Européenne de la Photographie, na França.

masao yamamoto - a box of ku #4 - fotografia

Em um mundo em que a imanência entre o homem e a natureza parece sinalizar uma ruptura, Masao Yamamoto debruça-se em suas fotografias para um olhar que ainda salvaguarda esta união. Em pequenos formatos, as imagens são tessituras, brechas, espaços de singularidades daquilo que mantém as relações entre os seres humanos e o espaço cíclico do natural: a memória e o tempo.

O cotidiano, aspecto que singulariza o humano, torna-se no descuido do tempo algo ordinário. Interessa ao olhar não ocidental de Yamamoto, enxergar nas “pequenas coisas” imagens que se tornaram invisíveis no cotidiano, transformando-a em um profundo belo estético. Nada é pretensioso e desmedido, pois obedece ao tempo natural da vida.

masao_yamamoto_a_box_of_ku_954

Após fotografar as imagens, o artista deixa que o tempo ordene a sua força, carregando consigo, em seu bolso, os momentos capturados. Com esse deslocamento, do homem-artista, as fotografias sofrem alterações: manchas, rasgos e vincos. “As imagens têm seu tempo dilatado, um álbum construído com personagens e cenas de uma memória coletiva e em envelhecimento provocado”, aponta o texto curatorial.

Após a passagem por “imagens amareladas e em contraste acentuado” em A Box of Ku, Masao sugere a suspensão do tempo, um intervalo, e que na língua de seu país pode ser traduzido como Nakazora, “um estado onde os pés não tocam o chão, o espaço entre o céu e a terra”.

masao_yamamoto_kawa-flow_1614

 

KAWA=Flow parte de um princípio budista, recontado pelas palavras do artista: “Buda ensinou que uma pessoa começa a viver para a morte no dia em que nasce, e não há nada mais óbvio que isso”. Série recente de sua obra intui, nesta, a dilação do tempo, interim entre a vida e a morte ou os processos que ocorrem no espaço da natureza: Um rio, fluxos e passagens: nascimento/morte – passado/futuro.

Com período de visitação que vai do dia 07 de abril a 17 de maio, as obras de Masao Yamamoto podem ser conferidas na Galeria Marcelo Guarnieri, que fica na Alameda Lorena, 1966, bairro dos Jardins, em São Paulo.

Com entrada gratuita, a visitação ocorre de segunda a sexta das 10h às 19h e aos sábados das 10h às 17h. Fones 011 – 3063 5410, 3083 4873.

Serviço
Exposição: Masao Yamamoto
Local: Galeria Marcelo Guarnieri
Data: 07 de Abril a 17 de Maio.
Abertura : 05 de Abril, das 15h00 às 19h00
Endereço: Alameda Lorena, 1966. jardins São Paulo – SP
Visitação de Segunda a Sexta das a0 às 19h00.
Fones: 011 – 3063 5410, 3083 4873
Com estacionamento no local, acesso para deficientes.
Informações para a imprensa: Hussein Rimi – 011 – 992590173, 30815844

Comments

comments

Lila Varo

Lila Varo

Veja todos os posts

Lila Varo, é produtora de conteúdo, editora do Mistura Urbana e mais um continente a sua escolha. lila[@]misturaurbana.com

0 Comentários

Junte-se a conversa →

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *