Fragmentos Fonéticos de um (Si) no MIS com entrada gratuita - MISTURA URBANA

Fragmentos Fonéticos de um (Si) no MIS com entrada gratuita

noname

A performance audiovisual de Cristina Elias é inspirada no romance de Clarice Lispector e explora os limites da comunicação através de traduções e “re-traduções” da palavra escrita para outras línguas e para outros códigos como a imagem, o som e, principalmente, a linguagem corporal que nasce de uma pesquisa profunda de LIBRAS (Língua Brasileira dos Sinais). Semana passada aconteceu a primeira apresentação no MAM em São Paulo, e agora é a vez do MIS receber o espetáculo. O projeto foi contemplado pelo Edital Prêmio Funarte Mulheres nas Artes Visuais.

Com direção e concepção da performer Cristina Elias, vencedora do prêmio FUNARTE Mulheres nas Artes Visuais 2013, o projeto resulta de intenso trabalho e pesquisa realizados em Berlim com a performer surda Rosemarie Walter e é agora desenvolvido no Brasil. Fragmentos do romance A Paixão Segundo G.H. são recriados através do movimento de performers surdos do grupo Corposinalizante, de imagens projetadas ao vivo pelo artista visual César Meneghetti e de uma atmosfera sonora proposta pela soundartist japonesa Yuko Matsuyama. Assim, se ampliam as possibilidades de expressão àqueles que não conseguem se comunicar oralmente e se questiona a universalidade do diálogo.

P1110868

“Tudo começou quando li A Paixão Segundo GH em alemão”, conta a coreógrafa, performer e diretora brasileira Cristina Elias, sobre a obra de Clarice Lispector. No período em que passou na Europa, leu o romance da escritora ucraniana em alemão, italiano e inglês. Fez traduções de todas as línguas para o português e se deu conta que tinha em mãos tantas obras quanto o número de traduções. “Como eu trabalho muito com texto, fiquei impactada com a quantidade de leituras que a tradução da obra proporcionou”, conta.

No texto da ucraniana, a personagem principal se defronta com dificuldades e limitações para se expressar. “A Clarice dizia exatamente isso, que a palavra escrita e falada não dava conta do que ela queria exprimir. Trabalhar com surdos nos ensina justamente isso, a extravasar a palavra e a descobrir uma outra linguagem”, define a artista, “Eles desenvolveram outras capacidades e têm uma sensibilidade muito aflorada. Há uma outra relação com o silêncio”, afirma.

Mais sobre a artista:

Cristina Elias é coreógrafa, performer e diretora. Nascida em 1978, é especializada em Teoria Literária e Literatura Comparada pela Universidade de São Paulo (USP) – FFLCH; com mestrado em Estudos de Movimento pela Central School of Speech and Drama (Universidade de Londres, RU). O foco de seu trabalho está na relação entre diferentes códigos artísticos, com ênfase na tradução de texto em imagem e movimento. Ao longo dos últimos cinco anos, trabalhou com diferentes perfomers e companhias como Sasha Walz & Guests (Berlim), Tetsuro Fukuhara (Japão), Gardi Hutter (Suíça), Chapitô (Portugal) e Pop Corn Cabaret – Chris Lynan, Kate MacKenzie & Co (Londres, RU).

Serviço

Fragmentos Fonéticos de um (Si)
Direção de Cristina Elias
Ficha técnica:
Imagem: César Meneghetti
Som: Yuko Matsuyama
Com: Leonardo Castilho, Alexandre Ohkawa, Catharine Moreira, Isadora Borges, Luana Milani, Cauê Gouveia, Daniela Takara, Naiane Olah, Duarte Vicente, Amanda de Lima, Ana André, Leandro Almeida (performers da cia Corposinalizante)
Vozes: Leigh Thomas, Gabriele Deroche, Natalia Mallo, César Meneghetti e Cristina Elias

Dia 26 de abril, sábado, 18h
MIS-SP
Piso térreo
Duração: Aproximadamente 45 minutos
Entrada Gratuita
Avenida Europa, 158 – Pinheiros, São Paulo – SP, 01449-000
Classificação indicativa: livre

P1140170

Comments

comments

Natt Naville

Natt Naville

Veja todos os posts

Natt Naville é jornalista e gosta de tudo que envolve o universo da comunicação. Entre palavras e histórias: Música. Música para tocar, para ouvir e dançar. Editora do Mistura Urbana, gosta de criar, recriar e se reinventar. Vive no paraíso azul da Grécia.

0 Comentários

Junte-se a conversa →

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *