Pânico completo em 2 frases ou 2 minutos - MISTURA URBANA

Pânico completo em 2 frases ou 2 minutos

arte de MATTY CIPOV
arte de MATTY CIPOV

PARTE I

Era uma vez, um querido usuário do reddit resolveu lançar para a comunidade inteira a seguinte proposta: “Qual é a história mais assustadora que você consegue contar em apenas 2 frases?

O tópico, para quem se interessa muito por esse tipo de maravilha do “terror” você encontra aqui mais de 500 respostas. Mas muitos sites fizeram um apanhado e selecionaram as melhores. Abaixo, essas maravilhas provenientes do lado mais negro da mente e da alma das pessoas. (vem que vem, que são um ótimo complemento pra parte II deste post.)

– Acordei ao ouvir uma batida no vidro. No início, eu pensei que era a janela até que percebi que vinha de dentro do espelho.

– A última coisa que eu vi foi o meu despertador com o horário 00:07 antes dela arrastar suas unhas podres no meu peito enquanto sua outra mão abafava meus gritos. Sentei, aliviado que era apenas um sonho, mas quando olhei para o meu despertador ele mostrava o horário 00:06 e então ouvi minha porta do armário abrir rangendo.

– Por crescer com cães e gatos, eu me acostumei com os sons de arranhões na minha porta enquanto eu dormia. Agora que eu vivo sozinho, é muito mais inquietante.

– Em todo o tempo que eu vivi sozinho nesta casa, eu juro por Deus que eu fechei mais portas do que abri.

– A menina ouviu a mãe gritar o nome dela no andar de baixo, então ela se levantou e começou ir. Ao chegar às escadas, a mãe dela a puxou para o quarto dela e disse: “Eu ouvi isso também.”

– Ela perguntou por que minha respiração estava tão pesada. Não estava.

– Minha mulher me acordou na noite passada dizendo que havia um invasor em nossa casa. Ela foi assassinada por um invasor 2 anos atrás.

– Eu acordei com o som da babá eletrônica fazendo um barulho estranho e com uma voz calma reconfortando meu filho em seu berço. Quando me arrumei para voltar a dormir, meu braço encostou em minha mulher, que estava dormindo ao meu lado.

– Eu sempre pensei que o meu gato tinha um problema de visão- ela sempre parecia fixado no meu rosto. Até que um dia, percebi que ele na verdade sempre estava olhando para algo atrás de mim

– Não existe nada como a risada de uma criança. A menos que seja uma da manhã e você more sozinho.

– Eu estava tendo um sonho agradável até ser acordado por um som de martelo. Depois disso, eu mal conseguia ouvir o som abafado de terra cobrindo o caixão sobre os meus próprios gritos.

– Eu comecei a cobrir meu filho em sua cama e ele me diz “Papai, checa embaixo da cama para ver se não tem monstros”. Para deixar ele tranquilo eu me abaixo para checar, quando de repente vejo meu filho debaixo da cama, tremendo e sussurrando “Papai, tem alguém na minha cama”.

– Tinha uma foto minha, dormindo, no meu celular. Eu moro sozinho.

 

PARTE II

Play! ehehhehehe

(sem diálogos… )

Dirigido por David F Sandberg

Comments

comments

Lila Varo

Lila Varo

Veja todos os posts

Lila Varo, é produtora de conteúdo, editora do Mistura Urbana e mais um continente a sua escolha. lila[@]misturaurbana.com

0 Comentários

Junte-se a conversa →

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *