Lançamento da Campanha Brasil 2014 Rumo ao Fim da Violência Doméstica - MISTURA URBANA

Lançamento da Campanha Brasil 2014 Rumo ao Fim da Violência Doméstica

Snap 2014-03-28 at 14.56.44

No próximo 30 de março, ainda em comemoração ao mês da mulher , a Rede Nami, fundada pela artista Panmela Castro, e o Instituto Avon promoverão uma grande ação na Vila Flávia – São Mateus , São Paulo, para falar de violência doméstica, usando o graffiti como uma ferramenta para atrair a torcida brasileira e refletir os direitos das mulheres!

As ações integram o lançamento da Campanha Brasil 2014 Rumo ao Fim da Violência Doméstica,  que mistura a divertida a paixão do brasileiro pelo futebol e o combate à violência contra a mulher.

O evento acontecerá na Vila Flávia, em São Mateus – será um grande mutirão de 40 grafiteiras e grafiteiros que colorirão muros e o público de 200 pessoas da própria comunidade interessadas em artes, com os temas da torcida brasileira e também o desejo do fim da violência doméstica.

Apresentações artísticas, música e também um concurso denominado Torcida Graffiti elegerá a obra mais representativa dos temas que será premiada com uma viagem para participar no Rio de Janeiro do evento final, dia 12 de junho. O projeto prevê a realização desse evento em cinco cidades-sede da Copa do Mundo: Brasília, São Paulo, Porto Alegre, Salvador, Belo Horizonte e por fim, Rio de Janeiro.

A Rede Nami convocou um grande número de artistas de rua, assim como nomes que representam o graffiti local e os movimentos pelo fim da violência doméstica, assim como autoridades e representantes da sociedade para que participem das pinturas e das conversas e também dessa grande festa pelo Mês da Mulher.

Programa
Local: Rua Eduardo de Martino, do nº 72 ao nº 166- Vila Flávia – São Mateus- São Paulo .
Data: Domingo, 30 de março de 2014
Programação:

Dia 30 de Março
10h – Início do Evento
⦁ Início das Inscrições e pintura do Mural #TorcidaGraffiti
⦁ Início do Live Paint dos muros

15h30 – Início da votação dos melhores Graffitis – 30’
⦁ Votação dos Jurados:
⦁ Panmela Castro (Rede NAMI)
⦁ Fernanda Alves (Rede NAMI)
⦁ Cintia Rinaldi (Instituto Avon)
⦁ Valdemir Pereira Cardoso (Mediador Local)

16h – Início da cerimônia  – 60’
⦁ Speechs de:
⦁ Panmela Castro (Mestre de Cerimônia) – A presenta a Rede NAMI e o projeto – 10’
⦁ Cintia Rinaldi (Instituto Avon) – Apresentação do Instituto Avon, da parceria com a NAMI e do projeto – 10’
⦁ Valdemir Pereira Cardoso – Considerações – 5’
⦁ Panmela Castro fecha série de speeches e anuncia os graffitis selecionados para a votação online – 5’

18h00 – Término do evento

Sobre o Concurso Cultural Torcida Graffiti

A fim de mobilizar a maior quantidade de artistas no Brasil, lançamos o Concurso Cultural Torcida Graffiti que acontecerá em duas vias – online e presencial. Na via presencial, é aberta uma convocatória para que os artistas de cada cidade a ser visitada possa propor um croqui que represente a junção da torcida brasileira e a luta pelo fim da violência doméstica. Os primeiros vinte inscritos ganham kits de pintura e passam a concorrer na votação que acontece diretamente na página oficial do projeto no Facebook (www.facebook.com/avongraffiti) e que decidirá a arte mais representativa para o local visitado.

Já na via online, mais precisamente por meio da página oficial do projeto no Facebook, convocamos a todos os artistas do Brasil para que grafitem em suas cidades um desenho que una os temas do concurso e depois envie para que possamos postar em nosso álbum do Concurso. O mais votado no período entre o dia 13 e 20 de maio ganhará, assim como os vencedores locais, uma viagem para o Rio de Janeiro, no dia 12 de junho, dia da primeira partida da seleção e do nosso evento final que reunirá os grafiteiros e grafiteiras vencedores das etapas locais junto a outros artistas de rua e do hip hop para uma grande confraternização da torcida brasileira que deseja um país sem violência.

Comments

comments

Lila Varo

Lila Varo

Veja todos os posts

Lila Varo, é produtora de conteúdo, editora do Mistura Urbana e mais um continente a sua escolha. lila[@]misturaurbana.com

1 Comentários

Junte-se a conversa →

  1. […] urbana e a mulher, como é o caso do “Graffiti Pelo Fim da Violência Doméstica”, veja Aqui, que convidou mais de 1.000 jovens estudantes do ensino médio de 34 escolas públicas da cidade do […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *