A miniatura perfeita de um Boeing 777 - MISTURA URBANA

A miniatura perfeita de um Boeing 777

LucaIaconiStewart9

Tenha em mãos papel manilha, pincel e cola. Além disso, você precisará de muita, mas muita dedicação e criatividade para criar uma miniatura tão detalhista de um Boeing 777 como fez Luca Iaconi-Stewart.

Iaconi-Stewart é daqueles estudantes disciplinados, na época do ensino médio dava passos na área da arquitetura, criava projetos e participava de atividades extras. Não só pensou, como concluiu ao longo de cinco anos um projeto incrível.

No embalo da paixão por aviões, o jovem criou uma miniatura perfeita de um Boeing 777  com pinceladas de cola e papel manilha minuciosamente cortados com a ajuda do Adobe Illustrator. Os detalhes da aeronave foram estudados com a ajuda de uma planta do modelo da companhia Air India (300ER) encontrada na internet.

Iaconi-Stewart conta que os motores foram projetados em um mês e que outros quatro meses serviram para concluir a montagem. Enquanto os assentos dos passageiros, esses levaram o sacrifício de um verão inteiro. Para se ter uma ideia, o tempo médio para se construir uma poltrona da classe econômica leva cerca de 20 minutos, quatro a seis horas para classe executiva e oito horas para a primeira classe.

Na miniatura, quase tudo é funcional e muito bem pensado. Como por exemplo, o trem de pouso que se retrai na fuselagem, para as escotilhas e portas foram usadas dobradiças e seus diferentes mecanismos de bloqueio. Mas nem tudo são flores, para se chegar a versão final, foi preciso fazer testes em outras duas miniaturas.

Iaconi -Stewart pensa agora em fazer um modelo ainda maior. Alguem duvida que isso possa acontecer?

Confira abaixo algumas imagens e acesse o canal no flickr e Youtube.

LucaIaconiStewart10

LucaIaconiStewart11

2201_UL_Obsessed_60668_DH_2013_11_04_Wired_Luca-251-flat.tif LucaIaconiStewart6

LucaIaconiStewart7

LucaIaconiStewart2

LucaIaconiStewart8

LucaIaconiStewart5

LucaIaconiStewart4

LucaIaconiStewart3

Via:  Junk Culture 

Comments

comments

0 Comentários

Junte-se a conversa →

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *