Ressonar :: Full moon eco art festival na Chapada Diamantina - MISTURA URBANA

Ressonar :: Full moon eco art festival na Chapada Diamantina

1456504_10200387279439274_554245618_n

Vem chegando mais uma edição do Ressonar Festival, evento que acontece durante a lua cheia entre os dias 16 e 19 de janeiro no paraíso chamado Chapada Diamantina, na Bahia. O Ressonar tem a proposta de ser multicultural, e é realizado com muito carinho, além disso acontece em um lugar surreal: a Cratera Lunar, pelo nome já dá pra ter ideia de quanto é especial estar lá. Esse local atmosférico fica localizado em Lençóis à 417 kms de Salvador, um cidade graciosa que tem estrutura de pousadas, ótimos restaurantes, gente hospitaleira e claro um visual surpreendente!!

Abertura do Ressonar 2012 Foto: Cratera Lunar
Abertura do Ressonar 2012
Foto: Cratera Lunar

Abaixo você confere um bate papo com o organizador Uirá Meneses e fica por dentro de tudo o que vai rolar:

MU: Uirá conte- nos um pouco sobre o Ressonar Festival

Uirá: O festival continua com o mesmo princípio das edições passadas. Não comercializamos produtos com embalagens plásticas. Os banheiros são secos, onde criamos adubo para berços de frutíferas que plantamos na Cratera. Nesta sexta edição daremos uma atenção especial para a praça de alimentação e a o novo chillout, o Budha Hall, que funcionará 24 horas.

Chapada_diamantina

MU:Como estão os preparativos?

Uirá: Estamos à todo vapor. Tivemos a sorte de ter caído 10 dias de chuva, que além de deixar os rios e cachoeiras da Chapada bombando d’água, nos deu a vantagem de trabalhar a cratera com o barro mais mole. Então estamos aproveitando a terra molhada para melhorar os acessos e criar um design na paisagem do garimpo. Este ano estamos já adiantados em relação aos anos anteriores e agora vamos para o Universo Paralello divulgar o festival por lá.

Foto: Calil Neto
Foto: Calil Neto

MU: E sobre as atracões?

Uirá: Já temos mais de 100 artistas confirmados de diferentes lugares do Brasil e do mundo. Os quatro palcos do festival em breve terão seu lineup publicado, com os horários de abertura e fechamento de cada pista. Nós damos ênfase a projetos em amadurecimento e prontos para voar em detrimento de grandes atrações e também sempre temos umas brechas coringas, especialmente deixadas para projetos de peso que chegam na hora do festival.

MU: E sobre a programação cultural?

Uirá: Esse ano teremos toda uma gama de atracões culturais e atividades de dia. Teremos workshops de produção musical, atividades corporais como yoga pelas manhãs e um espaço dedicado especialmente para as crianças.

chapada_diamantina2

MU: Conte- nos um pouco sobre o local onde acontece o festival.

Uirá: A Chapada está nesta época lotada de turistas de todo o mundo. Felizmente os rios estão cheios e o clima é de tranqüilidade e alegria pro verão que vem chegando.
Esse será o 4º Ressonar realizado na Cratera Lunar. Muitas coisas ficam das edições anteriores e muita coisa estamos construindo. O destaque desta edição está na nova pista, o Budha Hall, que será projetado pra tomarmos fôlego e descansarmos da maratona entre uma pista e outra. Teremos bons nomes também no line up do Budha e até atrações internacionais.

MU: Como adquirir os ingressos?

Uirá: Tivemos três viradas de preço nesta edição. Agora estamos no último lote e o valor para os 4 dias custa R$350,00 para quem vem acampar. Teremos também tickets disponíveis na portaria por R$90,00 para quem pode somente curtir um dia.

MU: Como estão os preparativos da montagem?

Uirá: Nesta edição temos um time de peso de decoradores. Cada pista terá seu núcleo de decoração e mapping, cada pista terá sua própria assinatura. Mas exploraremos bastante materiais naturais, como palha, barro, bambu e plantas do lugar na criação.

MU: Muita gente é voluntário né?

Uirá: Este ano teremos a força de aproximadamente 100 voluntários na montagem e manutenção da Cratera nos dias do festival. Curiosamente vem muita gente do Sul, principalmente do Rio grande do Sul e Santa Catarina. Também sempre temos franceses e alemães no corpo de voluntários.

chapada-Ponte_Rio-Lencois_Mercado_Cultural_1639

MU: Toda a edição do festival rola um super ritual de abertura, como será o dessa edição?

Uirá: Para 2014 teremos um cortejo com o maracatu Diamante passando por todas as pistas e chamando para a abertura na fogueira. Como sempre nossas xamãs comandarão o ritual e pedirão licença para as forças do lugar para que possamos celebrar o festival nos próximos quatro dias em paz e tranqüilidade.

MU: E claro que não pode faltar falarmos sobre os palcos do festival. Como eles estão divididos?

Uirá: Nesta edição teremos 5 palcos, o Elemental, palco para as bandas e música ao vivo. O Trance Temple, pista voltada para as vertentes do trance e derivados. O Groove Station, que muda de lugar esse ano para um novo local e é a nossa multipista, abarcando projetos dos mais variados estilos como minimal, dub, techno, house, glichhop e também integrantes do Voodoohop, coletivo paulista. O Budha Hall, com projetos de chillout e algumas bandas experimentais e new age, e o Orbital, palco que funcionará apenas durante o dia e é o lugar onde esticamos o festival na madrugada de domingo pra segunda, pra quem quer aproveitar o máximo do Ressonar.

É isso aí, para quem for nos vemos lá!! :)

Para mais informações aqui e aqui.

Comments

comments

Natt Naville

Natt Naville

Veja todos os posts

Natt Naville é jornalista e gosta de tudo que envolve o universo da comunicação. Entre palavras e histórias: Música. Música para tocar, para ouvir e dançar. Editora do Mistura Urbana, gosta de criar, recriar e se reinventar. Vive no paraíso azul da Grécia.

0 Comentários

Junte-se a conversa →

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *