No limits - MISTURA URBANA

No limits

8

É sempre admirável quando um artista abraça sua ideia e faz arte ultrapassando qualquer barreira.
Para a artista coreana JeeYoung Lee não existem limites para sua imaginação, alias, sabe melhor do que ninguém como transformar pontos fracos em grandes vantagens.

Seu studio em Seul, capital da Coreia do Sul, é consideravelmente pequeno, para não dizer minúsculo em relação a grandes produções, pelo menos é o que sentimos no dia a dia observando trabalhos de outros artistas. No entanto, Lee ao invés de encontrar um local maior, ou mesmo utilizar arte digital, resolveu desafiar o espaço e sua criatividade.

O resultado não poderia ser diferente, imagens surreais, com inspiração em sua própria vida ou contos coreanos, traços perfeitos e detalhes pensados. Eu diria que Lee construiu um manisfesto pessoal, explorou o impossível.

Normalmente, Lee trabalha durante semanas ou meses para criar os detalhes de cada cena, às vezes para uma única foto.

Com o uso de adereços artesanais, cores, objetos suspensos e até mesmo a iluminação original que muitas vezes poderia ser criada com o uso do Photoshop, – o que a artista evita – trabalha nos detalhes minuciosos com a mão para garantir qualidade total.

JeeYoung Lee é formada pela Universidade de Hongik em Seul e ganhadora do Prêmio Sovereign Art Prize em 2012.

A artista abre sua primeira exposição na Opiom Gallery em Opio, na França, intitulada “Stage of Mind” a partir de 7 de fevereiro de 2014. Confira alguns trabalhos:

5

4

3

2

1

13

12

11

10

9

7

 

 

 

 

Comments

comments

0 Comentários

Junte-se a conversa →

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *