Rolês fora do “circuito turístico chacota” pra se fazer em Barcelona - MISTURA URBANA

Rolês fora do “circuito turístico chacota” pra se fazer em Barcelona

arquivo pessoal
arquivo pessoal

Confesso que demorei um pouco para começar a escrever essas dicas, porque Barcelona, na Espanha ou Barna para os íntimos, é um dos meus locais preferidos no mundo. No mundo? Sim, e não é exagero. A primeira vez que fui pra lá tinha 15 anos de idade, e foi amor à primeira vista. Depois, voltei aos 18 anos, em 2008 tive a oportunidade de morar lá por um ano, e a última vez foi em 2012.

Coração pulsante da Catalunha, Barcelona é uma das cidades mais legais da Europa. Da infinita cultura à agitada vida noturna, sempre há muita coisa boa pra ver e fazer. Barcelona é uma cidade cosmopolita, colorida, com uma paisagem incrível, cheia de festas e restaurantes badalados, e principalmente no verão, um dos lugares mais visitados. A cidade fica cheia, e passar por alguns lugares se torna tarefa complicada. Das cidades europeias, é uma das cidades mais limpas e não é das mais caras pra curtir. Você sai para um restaurante gostoso, cheio de gente bonita, bebe, bebe, bebe, come e gasta menos de 15 euros.

arquivo pessoal
arquivo pessoal

É claro que quando você visita uma cidade pela primeira vez, acaba fazendo alguns roteiros turísticos inevitáveis, fica nas filas imensas para ver obras de Gaudí ou cai na roubada de sentar em algum lugar nas Ramblas para comer. É por isso, que se pra você é a primeira ou a décima vez na cidade catalã, essas dicas serão preciosas, porque você vai conhecer uma Barcelona alternativa, menos cheia e com opções diversas de entretenimento.

Na última vez que estive por lá, aluguei um apartamento pelo site Airbnb com mais dois amigos e foi ótimo. Pagamos 20 euros por dia cada um, e tínhamos acesso à internet, um apartamento completo com cozinha e o melhor: uma perfeita localização. Ficamos no Bairro Gótico, bairro central super bem localizado e que fica bem próximo a Plaza Real, um local bem movimentado. Lembre-se que quanto melhor a localização, mais fácil para você!

arquivo pessoal
arquivo pessoal

Barcelona é um lugar pra se perder nas ruas estreitas e descobrir novas coisas a cada esquina. Então, vamos aos rolês!!

1- Para baladar

Uma das minhas dicas para sair, é a Sala Apolo, que às segundas-feiras tem sempre uma programação quente com Djs e também shows. Já a Moog, é mais voltada para quem gosta de música eletrônica e também às segundas-feiras são os melhores dias, além da quinta. O club abre todos os dias da semana, é super intimista e com ótimo soundsystem. Mas, se o que você quer é algo mais de boa, tomar uma “copa” e curtir um som, vá ao Bar Manolo, o local é bastante frequentado por skatistas “guapos”, e claro, também atrai as “guapas”. E o bacana é que também está localizado no Raval, bairro bem descolado.

Sala Apolo Foto: nastymondays.com
Sala Apolo
Foto: nastymondays.com
Arquivo pessoal
Arquivo pessoal

2- Para dar rolê e ver gente bonita

E por falar em skatista, por mais conhecido que seja, o pico do Macba, o Museu de Arte Contemporânea, lá ainda continua sendo o lugar pra andar de skate, fazer altas manobras ou simplesmente dar uma pinta. Ali do lado, bem nas ruas laterais, tem uma infinidade de lojas bacanas e descoladas, além de bares.

arquivo pessoal
arquivo pessoal

Um dos bairros mais legais e moderninhos é o Born, lotado de bares e lojas bacanas. Lá você encontra objetos de decoração, chocolates, brinquedos, roupas, calçados e muito mais. Ande, caminhe e se possível alugue uma bicicleta, o passeio vai valer mais a pena.

Foto: commons.wikimedia.org
Foto: commons.wikimedia.org

PENTAX Image

3- Para comer

Em Barcelona você vai comer, prepara-se para talvez ganhar alguns quilinhos. Entre tanta tapas, aqueles aperitivos e porções que se pestisca como queijo, pães, tortilla, jamón, e entre tantos drinks, cerveja, mojito. Que tal experimentar algo novo e super saudável. Uma dica é o Feeld Organic, um espaço que mistura restaurante, supermercado, cafeteria. Lá, você tem refeições que vão do café da manhã ao lanche da tarde. É tudo orgânico, fresquinho em um ambiente super gostoso.

foto: Feeld Organic
foto: Feeld Organic

4- Praias

Barceloneta é a praia mais famosa e também a mais cheia, então se possível fuja em alta temporada. Se você prefere algo mais reservado, te indico a praia de Bogatell, que fica entre Nova Icária e Mar Bella, a praia oficial do nudismo, é uma praia longe da agitação, perto da cidade e geralmente frequentado por jovens.

Em Barcelona, e em quase todas as praias da Europa é possível fazer top less sem niguém te encher. Se você prefere ficar como veio ao mundo, lá é o seu lugar.

arquivo pessoal
arquivo pessoal
arquivo pessoal
arquivo pessoal
arquivo pessoal
arquivo pessoal

5- Feiras Alternativas

Trocar roupas que você não usa mais por outras que gostou, discos, livros, objetos, acessórios, e uma infinidade de coisas bacanas. O Flea Market acontece a cada segundo domingo do mês na Plaça Blanquerna (atrás Museo Marítimo).

image1

6- Shows ao ar livre

Algo bem legal que rola na cidade durante o verão, onde todo mundo tá feliz e quer se distrair, é um evento de jazz que acontece em um dos parque mais bonitos, o “Parc de la Ciutadella”, que sempre traz uma programação de jazz com diversas bandas e músicos. Os shows são de graça e você só precisa chegar. Os concertos acontecem às quartas-feiras a partir das 21h.

arquivo pessoal
arquivo pessoal

7- Arte urbana

É claro que um roteiro de street art não poderia faltar. Barcelona é um lugar vivo, cheio de cores e se você reparar na cidade há muito graffiti. Um evento muito legal que acontece é a “Noche brasilenã”, uma noite dedicada à arte com live painting, música e com convidados especiais. A organização fica por conta do Barcelona CultureWorld e você pode matar um pouco as saudades do Brasil. Cada noite é diferente, já rolou apresentação de capoeira, sons que vão do electro funk à bossa nova e claro, arte urbana.

By Rim Chiaradia
By Rim Chiaradia

Outro passeio bem legal é você fazer um rolê de graffiti para conhecer os muros e as diversas artes. Você pode fazer esse tour de graça, através do Barcelona Street Style Tour , uma visita guiada em uma das maiores galerias de arte urbana a céu aberto do mundo.

arquivo pessoal
arquivo pessoal
arquivo pessoal
arquivo pessoal

8- Pontos turísticos inusitados

Todo mundo que vai pra Barcelona visita os pontos turísticos mais conhecidos, e não estou dizendo que isso é ruim e que você não deve ir. Mas que tal, se junto a visita da Sagrada Família por exemplo, você incluir a visita de um Hospital que fica bem próximo, no mesmo bairro, e que é uma autêntica cidade modernista. O hospital de la Santa Creu i Sant Pau fica localizado no bairro de Guinardó, junto ao distrito do Eixample. O hospital é, na verdade, uma autêntica cidade modernista, com ruas, prédios e jardins. O Hospital foi fundado em 1401, e é patrimônio mundial da Unesco e foi projetado pelo arquiteto catalão Lluís Domènech i Montaner.

foto: wikipedia
foto: wikipedia

Outro rolê muito bacana é visitar a assustadora Catedral de Santa Eulália. A fachada desse lugar guarda segredos e é cheia de mistérios contados através de bestas mitológicas, gárgulas, leões, unicórnios, bruxas. Conta a lenda que a Catedral Gótica ardia sob o poder da Igreja, entre ameaças de demônios e espíritos malignos, esconjurados e expulsados em verdadeiros rituais assustadores de exorcismo. E adivinha? Existem passeios noturnos que contam as lendas e mistérios da Catedral de Barcelona. O tour “Barcelona Mágica, Noche de Misterio” promete uma experiência única com duas rotas guiadas.

foto: www.localnomad.com
foto: www.localnomad.com

9- Por do sol

Esse é o momento que mais amo do dia, e sempre que estou em qualquer lugar mundo afora, tenho esse time para parar um pouco, pensar na vida, agradecer. E não ia deixar esse post sem um lugar massa para você contemplar esse momento tão especial. Um dos melhores lugares é no Parc Montjuïc, entre colinas, montanhas, você consegue ver toda a cidade, o porto. Você foge um pouco do ritmo urbano e curte sossego, natureza e paisagens lindas. Além disso é a maior área verde da cidade e há diversas atrações: como o Museu Nacional d’Art de Catalunya (MNCA), a Fundació Juan Miró, o Castell de Montjuïc, a Font Mágica, o Jardí Botànic e o Estadi Olimpic. E o divertido é que você pode subir de teleférico ou funicular.

arquivo pessoal
arquivo pessoal
arquivo pessoal
arquivo pessoal

Não deixe de aproveitar esse lugar tão cheio de vida, onde você ainda pode ter a ótima a sensação de voltar a pé para casa de madrugada e não te acontecer nada, comprar cerveja gelada que chega do nada até você trazida pelos amigos paquistaneses, mais conhecidos como “los paquis”, pular de bar em bar, balada e balada e tudo ser pertinho, ter acesso ao wifi em quase todos os lugares, praças e parques. Aos que já foram e aos que vão arrumar as malas, “Barcelona es de puta madre tío”.

Essas foram as minhas dicas pessoais, para continuar descobrindo uma BCN mais alternativa, aqui.

Comments

comments

Natt Naville

Natt Naville

Veja todos os posts

Natt Naville é jornalista e gosta de tudo que envolve o universo da comunicação. Entre palavras e histórias: Música. Música para tocar, para ouvir e dançar. Editora do Mistura Urbana, gosta de criar, recriar e se reinventar. Vive no paraíso azul da Grécia.

0 Comentários

Junte-se a conversa →

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *