IEMANJÁ por MURILO DE GUSMÃO - MISTURA URBANA

IEMANJÁ por MURILO DE GUSMÃO

1458694_516508361781326_1570094738_n

O artista participa da coletiva “Iemanjá” na Fibra Galeria, em São Paulo.

Na exposição, 15 artistas reinterpretam o mito da Rainha do Mar, sob curadoria de Jairo Bulis Goldenberg e Maíra Maciel.

Do convite para participar de “Iemanjá” até o remate, foram cerca de seis semanas de trabalho diário. Um recorde se consideradas a riqueza de detalhes, a harmonia entre eles e nas proporções, além dos materiais empregados. Inédito, o desenho de Murilo de Gusmão ganha o público em coletiva na Fibra Galeria de Arte, em São Paulo (SP). O artista plástico paulista é destaque entre 14 contemporâneos, também convocados pelos curadores Jairo Bulis Goldenberg e Maíra Maciel para atribuir ao Orixá novas significações. A exposição fica em cartaz de 26 de novembro a 18 de dezembro de 2013, com entrada gratuita.

É a segunda participação de Murilo de Gusmão em mostras da Fibra este ano. A estreia se deu em abril com “Prestatenção”, exposição procedente de álbum homônimo, que reúne gravuras de 10 artistas de diferentes linguagens. Dessa vez, a galeria realiza o projeto em parceria com a Secretaria da Cultura do Estado, em atuação com foco nas minorias. “A figura da ‘Rainha do Mar’ fortalece a influência das tradições africanas na cultura brasileira”, explica Goldenberg.

Para desenvolver a obra, Murilo de Gusmão se debruçou primeiro sobre as pesquisas, que incluíram a origem do nome Iemanjá e suas derivações, a mitologia da qual faz parte, indumentárias típicas do candomblé, o sincretismo religioso etc. Da investigação, pinçou as características predominantes na história e lendas sobre a divindade. Encerrado o processo, iniciou a criação do desenho, utilizando uma folha de papel (Canson/formato A03), e lápis. Na sequência, começa a parte mais complexa: a transferência do croqui para outra folha e detalhamento, agora com caneta esferográfica. “Também é a mais demorada, pois nem sempre uma textura vem à cabeça”, relata o artista.

Além do desenho de Murilo de Gusmão, pinturas e esculturas também estarão em “Iemanjá”. A relação completa dos outros artistas: Bruna Sizilio; Bruno Dias; Carola Trimano; Dario Felicíssimo; Edu Cardoso; Guilherme Zoldan; Gustavo Jardim; JP Possos; Léo Ramos; Lídia Lisboa; Nestor Junior; Ricardo Mood; Rodrigo Rocha e Rosália Lerner.

Serviço:
Abertura para convidados: 25/11/2013, a partir das 19h
Período Expositivo: 26/11 a 18/12/2013
Fibra Galeria – Rua Tupi, 792 – Pacaembu – São Paulo – SP
Funcionamento: Segunda à sexta, das 11h às 19h. Sábado, das 11h às 16h.
Informações: (11) 2478-3688
www.fibragaleria.com.br

Comments

comments

0 Comentários

Junte-se a conversa →

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *