Exposição: AUTIVISTAS - MISTURA URBANA

Exposição: AUTIVISTAS

1403031_10201406566619067_126901339_o

AUTIVISTAS

No dia 23 de novembro a Galeria Oscar Cruz recebe a festa Autivistas.

“Não me tornei algo diferente, que não gostaria de ser. Mas eu sou novo aqui, você vai me mostrar o que tem por aí?”– Gil Scott-Heron

Parece que nada aconteceu. Em um movimento em falso, ao redor de seu ponto central, uma figura aparece. Sem trajeto, lasciva, íngreme, doída, vigiada – para que não exploda antes do tempo – ela nasce no meio dos barulhos, do tráfego, das coisas que pretendem alcançar um espaço ainda não registrado enquanto lugar.

Um embate que apoia as causas do mundo detona seu anonimato ou uma vontade de ganhar qualidades; uma forma envergada na razão de sua própria experiência; uma força que não se pode agrupar. Não há projeto para seu suporte. É aqui. É agora que acontece.

Ela se incorpora em uma arquitetura preparada para abrigar qualquer outra coisa. Não é possível interpretá-la; antes que isso aconteça, ela se transforma em você.

Ela pode ser vasta em colaborações culturais, pode ser vista em qualquer parte desse mundo e, por conta do excesso de informações que forma a sua condição de figura, não exige compreensão, sem que o outro não passe a ser, também, um exemplo.

Outra figura aparece em um estado solitário, absoluto. É você quem a vê e mais ninguém (e ela também te vê. Eu juro. ). É você quem a reconhece e não mais quem está ao seu lado.

As figuras da rua traçam diálogos em alta velocidade. Encontram vitalidade em seu próprio jeito de ser, nas formas de entrar e fugir do universo de coisas que as acompanham. São únicas, singulares, parte integrante de uma metrópole. Deixam de ser lembrança, porque serão vistas novamente, logo ali, na passagem de uma cidade a outra, de uma rua a uma estrada, no pensamento de duas pessoas que conversam. Se não fazem sentido para alguns, continuam a ser o relato de Entidades Fantasmas – tão vasto e tão imanente quanto ao percurso daqueles que as atravessam. Elas vasam o enquadramento, são transparentes em sua forma de expressão, sem sujeito, direito de cada um. Não discutem a transformação do ambiente urbano, mas propõem uma reconciliação com o espaço contemporâneo.

Autivistas são figuras que definem as formas dos bairros. Transformação de um nome ao que dele já não é mais próprio.

Wagner Schwartz

De 23/11/2013 à 31/01/2014.

Exposição coletiva na Galeria Oscar Cruz com dez importantes nomes da arte urbana.

Titi Freak – Felipe Yung – Fefe Talavera – Ramon Martins – Rafael Sliks – Herbert Baglione – Samuel Kim – Miss Van – Ciro Schu – Derlon Almeida.



Curadoria: Ramon Martins

Realização: Galeria Oscar Cruz
Arte da Logo Autivistas: Jin Yokota

Comments

comments

0 Comentários

Junte-se a conversa →

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *