O livro mais estranho do mundo - MISTURA URBANA

O livro mais estranho do mundo

12

Quando a gente acha que já viu de tudo. Eis que surge, nos anos 70 um ilustrador, designer industrial e arquiteto italiano Luigi Serafini que fez uma enciclopédia de um mundo desconhecido, talvez um universo paralelo. Tem de 360 a 380 páginas e foi escrito em uma língua desconhecida, que consiste em um alfabeto desconhecido também. Levou 30 meses pra concluir sua obra de arte que é chamada de “o livro mais estranho do mundo”. “Codex seraphinianus” é divido em 11 capítulos em duas partes. A primeira, tudo indica, é sobre a natureza, e a segunda é sobre pessoas.

E aí já começou a interpretação?

Comments

comments

Natt Naville

Natt Naville

Veja todos os posts

Natt Naville é jornalista e gosta de tudo que envolve o universo da comunicação. Entre palavras e histórias: Música. Música para tocar, para ouvir e dançar. Editora do Mistura Urbana, gosta de criar, recriar e se reinventar. Vive no paraíso azul da Grécia.

0 Comentários

Junte-se a conversa →

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *