A cruel arte de dar notas e criticar sem dó o desenho de uma criança - MISTURA URBANA

A cruel arte de dar notas e criticar sem dó o desenho de uma criança

O site I AM BETTER THAN YOUR KIDS não é recomendado caso você não possua a capacidade de processar humor negro level hard ou seja uma mãe ou pai que não pega bem com críticas direcionadas aos seus filhos.

Por que o autor é um cara que vai com certeza esmagar sem dó nem piedade (e noção) todo e qualquer desenho criado por crianças que tiveram acesso a um papel, caneta, lápis ou giz de cera.

Maddox, o autor do site (que virou livro) conta que um belo dia estava no escritório e ao olhar dentro do cubículo de uma mulher que trabalhava com ele, viu desenhos de criança pendurados na parede. Como ele mesmo descreve, eram desenhos precariamente desenhados. Com a sutileza de uma bazuca, Maddox falou pra mulher que os desenhos eram uma bosta. Ela obviamente ficou ofendida e respondeu que eles haviam sido desenhados por seu sobrinho de 4 anos. Logicamente isso não fez a menor diferença para Maddox que começou então a dar notas para desenhos feitos por crianças. No cérebro do cara, “afofar” a situação e não criticar as crianças, as estraga.

Então surgiu o site I AM BETTER THAN YOUR KIDS onde o cara dá notas e faz críticas construtivas (ou não) para diversos desenhos infantis que encontrou por ai… sendo que hoje em dia muitos pais submetem os desenhos dos próprios filhos…

Como eu sou uma honesta apreciadora deste tipo de humor ácido, viciei no site.

Abaixo algumas imagens maravilhosas, mas recomendo entrarem no site pra checar mais depois!

ScreenShot001

ScreenShot002

ScreenShot003

ScreenShot004

ScreenShot005

ScreenShot007

ScreenShot008

ScreenShot009

ScreenShot010

 

ScreenShot011

ScreenShot012

ScreenShot013

ScreenShot014

Comments

comments

Lila Varo

Lila Varo

Veja todos os posts

Lila Varo, é produtora de conteúdo, editora do Mistura Urbana e mais um continente a sua escolha. lila[@]misturaurbana.com

0 Comentários

Junte-se a conversa →

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *