GOEDZAK - MISTURA URBANA

GOEDZAK

Quem mora em São Paulo já deve ter percebido (ou não!) que em várias esquinas e em locais estratégicos são diariamente jogados sacos de lixo camuflados. São verdes, imitam planta e apesar de visualmente bacanas, contribuem para o acúmulo de resídos nos logradouros… Inicialmente pensei que era alguma ação bacana de mostrar que o material ali dentro era reciclado e tal. Depois percebi que na real serve só pro povo passar despercebido mesmo! Um dos meus sonhos de quando ganhar na megasena (quem nunca brinca disso?) é abrir uma empresa de reciclagem. Pegar todos esses manos que estão atrás das latinhas e afins por aí e ajudá-los, porque me parece que são visionários, percebendo a importância do aproveitamento do que muitos acham que é lixo e que no final das contas transformam em dinheiro pra usar como bem entendem!

Mas um grupo Holandês de design e engenharia pensou numaa ideia bem melhor pra contribuir na reutilização do lixo diário, quando perceberam que muitas coisas que são descartadas como lixo e que na verdade podem ser úteis para outras pessoas sem precisar somar esse total de resíduos gerados. Foi assim que eles criaram o GOEDZAK (derivação das palavras GOE e ZAK ou BENS e SACOLA, respectivamente), que nada mais é que um saco de lixo para serem colocadas as coisas que não servem mais para você, mas que ainda podem ter uso para outras pessoas.

O objetivo dessa história toda é criar uma cultura de reuso, para gerar sentimento de retribuição nas comunidades de forma ecológica e cumprindo um papel social conectando pessoas com as cidades com seu design diferenciado, para que os objetos sejam vistos através dela, esperasse gerar uma cultura onde se torne normal vê-las nas calçadas e se entenda naturalmente sua utilidade.

#FICADICA

gggg1

gggg2

gggg3

gggg4

Comments

comments

0 Comentários

Junte-se a conversa →

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *