Explorando direções - MISTURA URBANA

Explorando direções

1

Ainda guardo a velha mania de pedir orientações de lugares para estranhos. Velha, no sentido da tecnologia substituir essa prática com seu GPS e aplicativos.
Na verdade, gosto pois normalmente essa orientação vem cheia de vontade de ajudar, além de nos presentear com curiosidades peculiares sobre o tal destino. Além disso, uso fazer mapas alternativos, aqueles que somente eu me acho.

Essa semana, uma ideia me chamou atenção, quando Nobutaka Aozaki resolveu explorar esse ato de pedir orientações. O artista, reuniu uma verdadeira coleção de mapas com desenhos improvisados feitos à mão por estranhos.

Com o auxílio das indicações desses mapas, ele se jogou pelas ruas de Manhattan na tentativa de encontrar seu pote de ouro, ou melhor, o destino final. Na verdade, o objetivo de Aozaki é documentar sua rotina diária com a maioria dessas pessoas, algo como um diário de experiências.

“From Here to There”, ainda está em andamento, e pode surgir aí um mapa de Manhattan com base nessas orientações desenhadas à mão. Veja abaixo uma amostra dos mapas usados por Aozaki e o próprio em sua pesquisa de campo:

2

3

 

Comments

comments

0 Comentários

Junte-se a conversa →

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *