Spring Awakening Review - MISTURA URBANA

Spring Awakening Review

texto e fotos por: Jana Blue

cartazes

Spring Awakening é um festival de musica eletrônica que acontece durante três dias dentro de um estádio de futebol no meio do centro comercial de Chicago. Durante três dias, dentro da casa do “Chicago Bears” pude presenciar em meio a 4 palcos, atrações como Paul Oakenfold, Moby, Green Velvet e Bassnectar, além de uma grande mistura de cores, adereços e fashionismo que cercaram o festival. Todos os dias o estádio esteve lotado, e obviamente circulando de um palco ao outro pude parar, observar e registrar essa galera. Pude perceber o tom de criatividade de muitos, uma mistura de um carnaval brasileiro, coroas de flores, fadas, miçangas coloridas, clubbers, os mais descolados usavam óculos hipsters, flower-power, cabelos coloridos e vi até mesmo um Índio Apalanche.

estilo 2

indio

Também encontrei um convidado especial que estava junto de seus donos, curtindo o festival no meio da multidão.

toto

Quando Moby entrou na pista, deu para sentir a emoção e a vibração da galera, principalmente quando ele subiu em cima da mesa ao som de Natural BLues. Os efeitos visuais e a super produção do evento estavam de tirar o ar nos três dias.

moby em cima da mesa

moby

No sábado encontrei Laureen, que veio sozinha de Nova York dirigindo, para o show do Bassnectar. E a febre de tiete não foi somente dela não!

bassnectar bundinha

laureen

Green Velvet com seu humor de sempre e seu la la la la no microfone mixando até a entrada do “Time for the Percolator” foi puro Old School, e então a tenda foi abaixo!

green velvet II

Logo após Green Velvet, foi a vez de Paul Oakenfold comandar as pick-ups:

paul

Nesse festival eu vi muitas pessoas bonitas, de belezas e personalidades diferentes, mas essa em particular, me chamou a atenção por toda a energia em que dançava, e ao falar com ela descobri que era uma “old school clubber-Raver“, e fez essa roupa exclusivamente para o festival para ver o Paul.

vibe old school lady-1

Quando Bass Nectar entrou, eu avistei um oceano de pessoas cobertas com uma luz laranja, todas estavam com as mãos para cima, e ainda vi a imagem do Pomerania com laser saindo dos olhos. Ao meu ver, foi a noite com lotação máxima, os efeitos visuais desse artista também foram surreais. Durante a apresentação, uma chuva torrencial caiu e fez com que boa parte da galera se protegesse nas laterais do estádio, mesmo assim o show continuou.

bassnectar show II

Domingo de festival também foi dia dos pais, e o que eu mais vi foram homenagens aos mesmos.

dia dos pais

Também encontrei uma família, e foi o primeiro festival do filho que o pai fez questão de ir junto com ele.

dia dos pais II

O evento no geral foi bem estruturado, tinha uma área de alimentação gigantesta, banheiros, e até mesmo um bebedouro. No line-up: house, dub-step, techno. E se você estiver por Chicago na próxima primavera, e alguma das atrações do line-up for a sua favorita, vale a pena conferir!

Comments

comments

0 Comentários

Junte-se a conversa →

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *