Warning: mysql_query(): Access denied for user ''@'localhost' (using password: NO) in /home/misturaurbana/public_html/wp-content/plugins/simple-newsletter-signup/simple-newsletter-signup.php on line 75

Warning: mysql_query(): A link to the server could not be established in /home/misturaurbana/public_html/wp-content/plugins/simple-newsletter-signup/simple-newsletter-signup.php on line 75

Warning: mysql_fetch_row() expects parameter 1 to be resource, boolean given in /home/misturaurbana/public_html/wp-content/plugins/simple-newsletter-signup/simple-newsletter-signup.php on line 76
Quando a vontade supera os limites do corpo - MISTURA URBANA

Quando a vontade supera os limites do corpo

Ser morador de um hospital e conviver com a paralisia infantil há mais de 40 anos. Ter perdido a mãe dois dias depois de nascer e ser vítima de poliomielite com um ano e meio, dependendo de uma aparelho de respiração para se manter vivo.Razões para se sentir triste e não ter motivação? De maneira alguma.

Paulo Henrique de Machado, um “menino” de 45 anos driblou as dificuldades causadas pela poliomielite e fez de sua cama na UTI do Hospital das Clínicas sua escola. Aprendeu a ler, escrever, concluiu o ensino médio e fez diversas especializações em computação. Agora, a cama virou seu escritório, onde transforma sua história de vida dentro do hospital em uma animação 3D.

A criação de Paulo, que leva o nome de “As aventuras de Léca e seus amigos” é voltada para o público infantil e conta o dia-a-dia de 7 amigos com deficiência física que também tem como casa o hospital. A protagonista da animação, que mora na cama vizinha de Paulo, é Eliana Zagui (Léca), autora de “Pulmão de Aço – uma vida no maior hospital do Brasil” que também é vítima da poliomielite.

Para se tornar realidade, a animação precisa alcançar um valor de 120 mil reais para sair do papel e começar a produção. Paulo utilizou então o Cartase para tentar o financiamento coletivo para captar o dinheiro necessário. Para ajudar, acesse:

http://catarse.me/pt/leca.

Fonte:  Folha de São Paulo

 

 

 

Comments

comments

1 Comentários

Junte-se a conversa →

  1. […] anos, está internado na UTI de um hospital desde o seu primeiro ano de vida, nós já falamos dele aqui, e ao invés de reclamar da vida, ele decidiu transformar sua limitação em energia para criar. […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *