Tattoos retratam as experiências de vida de homens no México - MISTURA URBANA

Tattoos retratam as experiências de vida de homens no México

Em 2006 o fotógrafo Carlos Alvarez Montero começou a produzir a série sobre a cultura de gangues em pequenas cidades do México como resultado da forte imigração. Durante esse tempo, ele conheceu diversos homens com tatuagens por todo o corpo, cabeça e rosto, entre eles um de nome Jimmy, foi ai que curioso ele perguntou o significado de tudo isso, e Jimmy respondeu: “Elas são as marcas de um guerreiro, de guerras, de luta, por isso quando alguém me vê nas ruas eles sabem que eu estou pronto para lutar”.

A partir disso, o fotógrafo decidiu fazer essa série de retratos com foco na relação entre tattoos e as pessoas que as têm, marcas essas que os definem de uma maneira ou de outra através de suas experiências individuais.

Mais do fotógrafo aqui.

Comments

comments

Natt Naville

Natt Naville

Veja todos os posts

Natt Naville é jornalista e gosta de tudo que envolve o universo da comunicação. Entre palavras e histórias: Música. Música para tocar, para ouvir e dançar. Editora do Mistura Urbana, gosta de criar, recriar e se reinventar. Vive no paraíso azul da Grécia.

0 Comentários

Junte-se a conversa →

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *