Glauco Villas Boas ganha exposição inédita no CCSP - MISTURA URBANA

Glauco Villas Boas ganha exposição inédita no CCSP

Com desenhos originais direto do acervo da família, Glauco Villas Boas – o cartunista sócio-político ícone do humor ácido, morto em 2010, ganha, pela primeira vez, uma exposição que faz homenagem aos seus 30 anos de história no Brasil.

No próximo sábado, 4 de maio, o Centro Cultural São Paulo abre suas portas e presenteia os paulistanos com uma exposição que reúne os 30 anos de trabalho do cartunista Glauco.

Intitulado Abobrinhas da Brasilônia, a expo é um recorte que viaja pelos últimos anos de história no Brasil sobrepondo o trabalho do artista que foi repleto de movimentos políticos e sociais.

Com tiras ácidas, piadas rápidas e traço limpo, o público terá a oportunidade de vivenciar a linha do tempo de Glauco que influenciou e contribuiu para a modernização do projeto gráfico nas publicações brasileiras. A expografia foi elaborada pensando em atingir um público diverso entre adultos, jovens e crianças.

A exposição estará organizada em três momentos: apresentação, charge política e homenagens ao artista.

Na apresentação, a linha do tempo da vida de Glauco junto com a fundamentação de seus personagens e 30 desenhos originais do acervo familiar.

O momento dedicado à charge política – Abobrinhas da Brasilônia, estarão expostos 100 trabalhos de quase 30 anos de produção divididos entre os governos Sarney, Collor, Itamar, FHC, Lula e Dilma.

Por último, o visitante terá um espaço dedicado às homenagens com painéis criados por artistas como Rodrigo Chã, Ygor Marota, Ceci Soloaga, Spetto, Jaime Prades, Guto Lacaz, Angeli, Laerte, Silvio Galvão, Binho Ribeiro, Valter Nu, Marcio idelis, Ziraldo, Paulo Caruso, Alan, Siber, Pelicano, Inaiá Vilas Boas, Adão, Montanário, Jaguar e Coleta.

E na abertura, acontece um bate papo com os companheiros de Glauco que formam a santíssima trindade dos quadrinhos brasileiros: Laerte e Angeli.

Afim de mostrar a visão de quem conviveu pessoal e profissionalmente com o cartunista a dupla falará um pouco do seu processo criativo, sua sensibilidade, o impacto de seu trabalho tanto nos momentos políticos do país como sua influência para toda uma geração, oferecendo aos expectadores presentes uma pequena mostra da genialidade desse artista.

Um acervo precioso que estará à disposição de olhares interessados no universo mágico que permeou a história em quadrinhos.

| Serviço:
Abobrinhas da Brasilônia – Charges de Glauco Villas Boas
Abertura: 4 de maio, às 16h00 – até 30 de junho
Bate papo com Angeli e Laerte: 4 de maio, às 19h00
Local: Térreo da Caixa Cultural São Paulo – Praça da Sé, 111
Centro, São Paulo – SP
Telefone: 11 3231-4400
Visitação – terças a domingos, das 9h00 às 20h00
Entrada gratuita

A exposição é uma iniciativa da Associação Cultural Cecília, espaço que promove arte e cultura em São Paulo nas mais variadas formas, de workshops e aulas à shows e exposições. Incentivam a política do “faça você mesmo” e a troca de experiências entre os visitantes.

Bora lá!
;)

Comments

comments

0 Comentários

Junte-se a conversa →

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *