Exposição retrata moradores tatuados do edifício Copan - MISTURA URBANA

Exposição retrata moradores tatuados do edifício Copan

O artista plástico Marcos Schmidt, um dos mais de mil moradores do icônico edifício Copan na região central de São Paulo, teve uma iniciativa muito legal! O cara resolveu observar seus vizinhos e pintá-los em óleo sobre tela.

Isso deu origem a exposição “A pele que Habito”. Um detalhe:Todas as pessoas observadas e pintadas por Marcos são tatuadas. Marcos quis mostrar a relação dos desenhos na pele com o lugar onde as pessoas vivem.

Marcos também falou sobre as pessoas que moram no edifício projetado por Oscar Niemayer: “É realmente um prédio democrático, com a maior variedade de tipos distintos de pessoas morando num mesmo lugar.”

A mostra acontece a partir desta sexta-feira, 10 de maio, e vai até o dia 01 de junho no Soul Tattoo Art e Café. Abaixo você confere todas as informações sobre a exposição.

 

“A pele que Habito” por Marcos Schimdt
Data: 10 de maio a 01 de junho de 2013
Local: R.: Oscar Freire, 2203 – Jd. Paulista
Horário: de segunda a sexta – das 11h às 20h
Sábado – das 11h às 18h
Tel.: 11 3063-3435 e 3071-2316
Entrada: franca
Sites: www.soultattoo.com.br

 

 

Comments

comments

0 Comentários

Junte-se a conversa →

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *