Lady Warhol no MAM-SP - MISTURA URBANA

Lady Warhol no MAM-SP

Desde terça-feira, 16 de abril, o MAM de São Paulo recebe a exposição “Lady Warhol”, de Christopher Markos. São 50 imagens do maior ícone da Pop Art com perucas e maquiagem.

Segundo o fotógrafo, a série com Andy Warhol, clicada em 1981, é uma releitura do trabalho do fotógrafo surrealista Man Ray (de quem Markos foi assistente nos anos 70) com Marcel Duchamp, em 1921, no qual Duchamp posou vestido de mulher para as lentes do amigo e a partir da experiência passou a assinar textos como Rrose Sélavy, servindo de inspiração para o poeta surrealista Robert Desnos.

Marcel Duchamp como Rrose Sélavy, por Man Ray

A diferença clara entre a série de Man Ray e a série de Markos é que a primeira é carregada de um clima noir, além de apresentar Duchamp/Rrose como uma mulher fatal. Já a segunda expõe a vulgaridade da cultura americana, através da maquiagem exagerada pela luz branca, que também reforça a palidez característica de Andy Warhol.

As fotos, que parodiam tipos dos anos 70, são marcadas pela ambiguidade dos gêneros: Warhol veste-se com seu “uniforme padrão”, camisa branca, calça e gravata preta, ou com uma toalha, porém varia entre oito perucas diferentes e as maquiagens fartamente usadas na época. “É comum as pessoas pensarem que as fotos são parecidas, mas não são. Elas são como impressões digitais: de longe se parecem, mas de perto são completamente diferentes e indicam personalidades distintas. Vale ficar atento para ver perceber isso.”, alerta Markos.

Christopher Markos acredita ser o melhor momento para trazer este trabalho ao país, quando se discute tão efetivamente as questões da identidade, do gênero e da sexualidade. “Nos anos 1980, nós debatíamos isso. Nos perguntávamos se homem poderia estar com homem, se mulher poderia estar com mulher. Este é um debate que permanece. E é uma sorte minha ter essa exposição montada aqui justamente agora.” Ainda manifesta repúdio ao deputado Marco Feliciano como presidente da Comissão de Direitos Humanos e Minorias: “Esse cara é prejudicial para o perfil do Brasil.”, disse em entrevista ao portal iG.

LADY WARHOL – MAM-SP
Local: Parque do Ibirapuera, Portão 3
Telefone 5085-1300.
Horário de funcionamento: Terça a domingos e feriados das 10h ás 17h30.
R$ 6. Até 23/6.

Comments

comments

0 Comentários

Junte-se a conversa →

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *