Cheiro de revista no ar! - MISTURA URBANA

Cheiro de revista no ar!

Com uma ideia que nasceu na época da faculdade, a Efêmero Concreto é uma revista de arte na cidade e a cidade na arte. Em sua 4ª edição, o projeto idealizado por Deco Benedykt, Marcelo Nucci e Thiago Rosenberg pode (e vai) entrar para a história como a primeira revista impressa com distribuição gratuita viabilizada por financiamento coletivo.

Eu diria que, atualmente, com as plataformas de crowdfunding, o fazer acontecer está diretamente ligado ao limite da imaginação. Sem limites, os meninos já lançaram 3 edições da revista Efêmero Concreto e estão no Catarse para fazer acontecer a 4ª.

Com uma tiragem de 5 mil exemplares, as revistas tem distribuição gratuita em instituições de ensino, galerias de arte e centros culturais.


Cassilene Alanches, na seção Em Obras #3

Com uma linha editorial temática, a Efêmero Concreto é um veículo cultural impresso feita por amigos que optaram por depositar suas energias em um projeto movido pela paixão, ao invés de sofrer a inquietação de trabalhar para os outros todo os dias.

Pensando a cidade por meio da arte, a revista tem como foco fazer com que o cenário urbano não seja apenas um cenário onde as pessoas transitam no dia a dia. Ao contrário: é lembrar que a vida urbana vai além do relógio gregoriano.


Ned Ambler, na seção Britadeira – #2

A revista Efêmero Concreto conta com 5 áreas fixas desde a 1ª edição. São elas:

| Em Obras: todo mês um artista é convidado a fazer intervenções artísticas no espaço urbano. Na #3, a bailarina Cassiele Abranches fez uma crônica contemporânea por onde passaram escritores modernistas em Belo Horizonte.

| Confluência: uma área dedicada à literatura onde os escritores convidados dissertam sobre os lugares que já viveram. Já participaram desta seção o gaúcho Paulo Scott, o cearense Ronaldo Correia de Brito e o pernambucano Marcelinho Freire.

| Observatório: como diz o nome, observar e registrar.

| Britadeira: espaço reservado para as artes plásticas e que abre todas as edições da revista.

| Tapa-Buraco: esta é a seção que fecha a revista e foca em histórias em quadrinhos.


Matéria por Ronaldo Correia de Brito e Ilustração por Estevan Pelli, na seção Confluência – #2

Eu tenho as 3 primeiras edições s2 e não estaria aqui blablablazeando para incentivar você a colaborar com a Efêmero Concreto se o material não fosse impecável! A começar pelo cheiro da revista: primeira experiência sensorial, seguida pelo toque e tomada por uma temática com conteúdo.

E por que ajudar e fazer acontecer este projeto? Primeiro por tudo isto que escrevi até agora. Depois, imagine que especial você fazer parte da primeira revista impressa com distribuição gratuita financiada por pessoas, ou seja, ZERO participação de grandes empresas ou do governo. De nós, para todos nós!


Daniel da Hora na seção Observatório – #1

Os valores colaborativos variam de R$10 à R$ 1000 e há recompensas em todas as opções. É legal também imaginar que colaborando com o mínimo – R$10,00, você, eu e mais 2 pessoas podem ter a revista nas mãos!

Clique aqui e acesse o canal da Efêmero Concreto no Catarse.
:)

Comments

comments

0 Comentários

Junte-se a conversa →

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *