Não estou aqui! - MISTURA URBANA

Não estou aqui!

“Essas fotos são do jeito que eu me vejo atualmente.
Minha sombra está lá, mas eu me apaguei porque eu não sei quem eu sou mais.
Os sapatos permanecem apenas para ter certeza de que há algo mais do que uma sombra … “.

 

Por mais que nós gostamos de dizer a nós mesmos que as pessoas não mudam, sabemos que isto simplesmente não é verdade. Estamos constantemente aprendendo e crescendo, espero que para melhor. A pessoa que fomos ontem pode ser completamente diferente da pessoa que somos hoje, dependendo do tipo de experiências que passamos em nossas vidas e como escolhemo lidar com eles.  O artista Pol Úbeda Hervàs explora essa transição constante do seu eu interior através de sua fotografia. Ao capturar a si mesmo e sua sombra, em seguida, removendo-se da imagem, deixando apenas seus sapatos, ele mostra que ainda há alguém em algum lugar atrás da sombra.

É quase como se a sombra representa a forma como o mundo vê uma pessoa, mas apenas a pessoa que pode realmente sabe quem eles são, embora, as vezes, é difícil distinguir a si de como o mundo vê você. Talvez Hervàs está aludindo à idéia de que uma vez que uma pessoa tenha alcançado a iluminação e desenvolveu todo o seu potencial a sua sombra irá corresponder a quem eles são. Confira mais de suas fotografias  no Flickr do artista.

Comments

comments

0 Comentários

Junte-se a conversa →

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *