Ballerina Project - As bailarinas de Dane Shitagi - MISTURA URBANA

Ballerina Project – As bailarinas de Dane Shitagi

texto por Ana Priscila Affonso

A fotógrafa Dane Shitagi, nascida em Honolulu no Hawaí, se especializou em um tema para fotografar: bailarinas. O que torna seu trabalho singular é a mescla das clássicas bailarinas com o no cenário urbano de Nova York. A inspiração do projeto Ballerina Project vem diretamente das paisagens e sons da cidade, unido aos vários tipos de artes que a mesma proporciona.

As imagens foram tiradas inteiramente com filme fotográfico tradicional, foi somente a partir de 2012 que o projeto começou a incorporar a fotografia digital nas imagens.
Shitagi se mudou para Nova York em 1996 e afirma que o projeto “não é fotografia de dança, mas uma gravura dos corações e emoções de bailarinas

A maioria das bailarinas que posou para o projeto é profissional e algumas são alunas avançadas de escolas de dança de renome como: American Ballet Theater, New York City Ballet, entre outros. O projeto já conta com mais de 500 imagens capturadas pelo olhar talentoso de Shitagi.

As imagens que unem movimento, arte, dança, moda e design, tem atualmente um dos maiores números de seguidores no Facebook. Na imprensa o projeto já foi mencionado pelo jornal Wall Street Journal, The Huffington Post e outros inúmeros blogs. Foi destaque em anúncios da Fujifilm e Erricson Sony.

“Eu tentei tirar fotos das bailarinas -., Não de sua dança eu tentei manter o foco sobre os bailarinos -. Não em suas poses, procurei retratar suas almas . Não os seus passos… ”

O resultado são peças exclusivas, sensíveis e harmoniosas composições fotográficas.
Você pode ter em casa essas imagens impressas e autografadas é só acessar o site da artista e adquirir sua preferida.

Acompanhe o trabalho de Dane Shitagi, acesse:

http://www.daneshitagi.com
http://ballerinaproject.tumblr.com
http://ballerinaproject.com
http://pinterest.com/ballerinaprject
https://twitter.com/Ballerinaprjct
http://www.facebook.com/theballerinaproject

Comments

comments

0 Comentários

Junte-se a conversa →

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *