KANTUTA – UM PEDAÇO DA BOLIVIA NA CAPITAL PAULISTA - MISTURA URBANA

KANTUTA – UM PEDAÇO DA BOLIVIA NA CAPITAL PAULISTA

Em São Paulo, a Bolívia fica na praça Kantuta.

“Kantuta” – o nome vem da flor que cresce no altiplano andino e que tem as cores verde, amarelo e vermelho, as mesmas da bandeira da Bolívia.

Uma barraca atrás da outra, todos falam espanhol e os turistas somos nós. Nas barracas de artesanato vê-se a riqueza da cultura andina.

A experiência gastronômica é obrigatória, logo à entrada da feira, na rua Pedro Vicente. É grande a variedade de pratos, um dos mais tradicionais é o anticucho: coração de boi no espeto, e o churrasquinho acompanha batata e molho de amendoin. Bem menos exóticas são as empanadas e salteñas (as duas são o que chamamos de empanada) entre as barracas que mais aglomeram visitantes está as que exibem programas de TV bolivianos e também vendem CDs, DVDs.

Cerca de 90% das pessoas presentes são bolivianos, entre nativos e descendentes, eles vêm aqui para se encontrar, se divertir e viver um pouco dos costumes de seu país.

Quem administra a feira é a Associação Gastronômica Cultural e Folclórica Boliviana “Padre Bento”, sustentada pelos próprios feirantes e por empresas ligadas sobretudo ao transporte Bolívia-Brasil. Em 2001, tudo acontecia na praça Padre Bento, que era pequena para as 40 barracas e o grande movimento. No ano seguinte foi fundada a associação e determinou-se o espaço atual da Kantuta, entre as ruas Pedro Vicente, Carnot e das Olarias.

Quem quiser ver de perto tudo isso pode chegar no bairro do Pari, a praça da Kantuta está a poucos metros do metrô Armênia, altura do n° 625 da rua Pedro Vicente no centro de São Paulo. Todo domingo das 11h às 19h.

Comments

comments

0 Comentários

Junte-se a conversa →

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *